Escolas estaduais não recebem merenda e diretores apelam para comprar ”fiado”

Escolas da rede estadual estão sem receber o repasse da merenda escolar por parte do governo do Estado. A denúncia é da secretária-geral do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) e presidente do Conselho Estadual de Alimentação Escolar, Vânia Rodrigues Miranda. Em algumas unidades escolares, por não terem dinheiro, os responsáveis estão sendo obrigados a comprar a merenda em lugares que aceitam receber o pagamento depois – o popular ‘fiado’.

“Apesar de o governo federal já ter feito o repasse do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o governo do Estado, essa verba ainda não chegou às escolas”, afirma Vânia Miranda. O valor repassado é de cerca de R$ 2,7 milhões, montante que o Estado precisa complementar para conseguir atender a demanda.

Nessa semana, a secretária-geral do Sintep/MT percorreu quatro escolas urbanas e rurais da rede estadual nos municípios de Chapada dos Guimarães e Campo Verde para verificar a situação da merenda nas unidades.

“Essas escolas tiveram que ‘reprogramar’ o valor que foi repassado no ano passado. Isso é errado, já que esse dinheiro deveria ter sido gasto em sua totalidade, mas foi a maneira encontrada para não deixar as crianças sem merenda”, disse Vânia Miranda.

A secretária-geral disse ainda que há relatos de escolas em Mato Grosso que estão comprando a merenda mas sem pagar pelo produto na hora, porque não têm verba pra isso. “Infelizmente, os responsáveis por essas escolas têm que comprar ‘fiado’ para poder começar o ano letivo”, lamentou.

Ela também criticou a diminuição no valor do repasse do Estado para complementar a verba do FNDE. Em 2008, foram R$7 milhões, em 2009, R$4 milhões e, em 2010, caiu para R$1,4 milhão.

Vânia Miranda ressaltou ainda a péssima estrutura das cozinhas das escolas, que precisam urgentemente de uma reforma. “Três das quatro escolas visitadas em Chapada dos Guimarães precisam que suas cozinhas passem urgentemente por reparos”, afirmou. A falta de capacitação das técnicas em nutrição também é um problema que precisa ser resolvido, para melhorar a qualidade dos serviços prestados, finalizou.

Rádio Eldorado FM Vila Rica – MT

Responder

comment-avatar

*

*