Estoque de sangue no Hemocentro de MT corre risco de acabar em 5 dias

Escrito por  G1 MT
Doação diária de sangue é necessária para manter estoque.
Segundo diretoria da unidade, número de doadores é menor que demanda.

Bolsas de sangue têm validade de até 35 dias
(Foto: Divulgação / Assessoria)

O estoque de bolsas de sangue no Hemocentro de Mato Grosso pode acabar em cinco dias se não houver novos doadores. “A reposição diária é necessária para que não ocorra falta do material”, conta a diretora geral da unidade, Eliana Rabani. Segundo ela, o estoque é suficiente para um semana caso não ocorra algum acidente grave ou várias cirurgias consecutivas neste período. Ela ressalta que, em média, recebe 40 doadores diariamente, mas que o ideal seria o dobro de voluntários. “Principalmente no período de férias em que normalmente ocorrem mais acidentes”.

O Hemocentro de Mato Grosso é responsável por encaminhar as bolsas de sangue para os hospitais públicos de todo o estado. A diretora explica que todos os tipos sanguíneos têm prazo de validade de 30 a 35 dias. Outro item de grande importância são as plaquetas, cuja validade dura uma semana. Sobre a necessidade de atender a demanda de bolsa de sangues, Eliana diz que não há restrição. “Precisamos de todos os tipos”, ressaltou, em entrevista ao G1…

O operador de máquinas Anderson de Castro é doador há cinco anos e conta que a atitude faz diferença na sua vida. “Pode ser que um dia eu ou outra pessoa da minha família venha precisar de sangue. Por enquanto, eu ajudo os outros”, contou o voluntário, que já na primeira semana de 2012 foi convocado para doar plaquetas, cujo procedimento é mais demorado que a doação de sangue.

A acadêmica de enfermagem Cláudia Moura, que também é doadora regularmente há quase três anos, teve que fazer uma campanha de emergência entre familiares e amigos para que não houvesse problemas no momento do parto. A pequena Amanda, que nasceu no último dia 26, chegou ao mundo dois dias além do previsto. A espera para realizar o parto foi necessária já que não havia sangue para transfusão caso mãe e filha precisassem. “Não conseguia nem dormir porque não sabia se a minha filha estava viva. Nunca pensei que faltaria sangue quando eu precisasse”.

Doação
“Para doar sangue, o voluntário deve ter boa saúde, ficar 12h sem consumo de bebidas alcoólicas e comida gordurosa”, diz a diretora geral do Hemocentro. Segundo ela, o doador passa ainda por diversos exames para que não ocorra nenhum problema durante o procedimento e com o material coletado.

Os interessados em doar sangue podem ir até o Hemocentro, das 7h30 às 17h30, ou no Pronto-Socorro de Cuiabá, que funciona das 8h às 18h. Além desses locais, o ônibus do Hemocentro ficará estacionado nesta quarta-feira (4) e sexta-feira (6), na Praça da República, no centro de Cuiabá, a partir das 8h.

Responder

comment-avatar

*

*