Etanol sobe 3,6% nos postos de combustível de Mato Grosso em março

Entre a primeira semana de março e a semana passada o litro do etanol hidratado (usado em veículos flex) subiu 3,6% nos postos de combustível de Mato Grosso, saltando de R$ 2,18 em média para R$ 2,26. A estimativa é que os preços do derivado de cana-de-açúcar caiam, enquanto os da gasolina não sofra nenhum reajuste até o resultado das eleições em 2014.

A informação é da Agência Nacional do Petróleo (ANP), que revela ainda leve incremento de 0,96% no preço médio da gasolina, de R$ 3,12 para R$ 3,15 na variação do dia 1º ao dia 31 de março. Já o óleo diesel subiu 0,36%, de R$ 2,75 para R$ 2,76 no período.

Nas usinas, segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Estado de Mato Grosso (Sindipetróleo), o etanol chegou a subir 4% entre fevereiro e março e tal incremento acabou chegando ao bolso do consumidor. O diretor-executivo do Sindipetróleo-MT, Nelson Soares Junior, revela acreditar que a alta nas usinas deva-se a uma recuperação de margem das mesmas, tendo-se em vista as dificuldades que elas vem sofrendo nos últimos anos. “A expectativa é que com a safra da cana-de-açúcar iniciando os preços do etanol recuem nas usinas e assim nos postos. Entretanto, a gasolina e o óleo diesel dependem do governo federal”.

O “leve” aumento do preço da gasolina e do óleo diesel é decorrente, explica Soares Junior, da nova legislação dos motoristas. “A gasolina ainda tem o reflexo do preço do etanol anidro”, salienta. Hoje, a gasolina possui em sua composição 25% de etanol anidro.

Publicação do Correio Brasiliense, na última quarta-feira (2), comenta que o nenhum reajuste da gasolina deverá ser autorizado até o resultado das eleições de 2014 em outubro. O preço do combustível é um dos custos que mais impacta na vida da população e com a inflação em disparada, a ponto de atingir o teto de 6,5%, “(a Petrobras) segura mais um pouco” o aumento seria certo, afirmou o presidente nacional do PT, Rui Falcão, ao Correio Brasiliense. Via Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*