EX-PROPRIETÁRIO DE MERCADO EM NOVA XAVANTINA, MORRE EM ACIDENTE; VEJA FOTOS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) auxiliou nos trabalhos de resgate do corpo de Amaury Queiroz da Silva, que morreu na manhã de ontem segunda-feira (02), aos 65 anos, vítima de um acidente na rodovia BR-364. Ele ficou preso as ferragens após o veículo em que estava sair da pista e colidir com uma árvore.

Amaury e sua esposa trafegavam em um veículo Fiat Uno, na altura do quilômetro 465 da BR 364, no sentido Cuiabá-Jangada, quando perdeu o controle do carro. Segundo a PRF, chovia muito no momento do acidente.

O choque foi fatal para Amaury, que ficou preso às ferragens. Já sua esposa teve ferimentos leves e foi atendida pelo Samu – Serviço de Atendimento Movel de Urgência.

A equipe dos Bombeiros aguarda, neste momento, a conclusão do trabalho da perícia para iniciar a remoção do corpo de Amaury. Os policiais que atenderam a ocorrência afirmaram que o pneu do carro estava careca o que provavelmente causou o acidente.

A morte do motorista é a segunda registrada nas rodovias federais do Estado pela PRF nesta operação Reveillon, que se estende até a noite desta segunda-feira.

De acordo com a PRF, este Reveillon foi marcado por 23 acidentes. Além da morte registrada hoje, um jovem de 26 anos morreu na BR-163 na última sexta-feira. Na operação realizada no reveillon passado, foram registrados 36 acidentes nas rodovias federais, com três mortos e trinta feridos.

Amaury morou em Nova Xavantina nas décadas de 70, 80 e 90. Foi proprietário do supermercado Mineirão. Deixou a esposa Arlene Gomes, filha do empresário Antônio Gomes (proprietário do supermercado Campeão em Nova Xavantina), três filhos – Diogo, Marilene e Maurício.

NotíciasNXcom redação canarana news

Responder

comment-avatar

*

*