Excesso de chuvas reduz produção de soja em Mato Grosso, diz Conab

O excesso de chuvas em Mato Grosso em janeiro atrapalhou a colheita e reduziu números da produtividade da soja no Estado. Segundo dados do sexto levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgados nesta quinta-feira (7.3), a área plantada passou de 6,98 milhões de hectares cultivados entre 2011/2012 para 7,82 milhões na safra atual. A produção deve chegar a 24.158 mil toneladas, 10,6% superior em relação às 21.849 mil toneladas da safra passada. Mas a produtividade variou negativamente 1,3%, passando de 3.130 kg por hectare para 3.090 kg/ha.

Em nível nacional, a área estimada em 27,6 milhões de hectares é 10,4%, ou 2,6 milhões de hectares superior aos 25,04 milhões de hectares cultivados em 2011/2012. O incremento na área é observado em todas as Unidades da Federação que produzem a oleoginosa. O maior incremento é observado em Mato Grosso, onde se prevê um ganho de 837,7 mil hectares.

Com grande parte da safra de soja já colhida, os preços no mercado interno tiveram suave queda nos últimos dias. Segundo a Conab, a queda não foi maior devido à insegurança na safra da Argentina, ocasionando altas nos preços em função da elevada demanda internacional.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Mdic),as exportações nos meses de janeiro e fevereiro de 2013 foram apenas 959,9 mil toneladas, ou seja, 65% menores que as exportações no mesmo período de 2012, que totalizaram 2.131,6 toneladas, sendo 17% menores que a média dos últimos cinco anos no mesmo período, que foi de 1.156,3 mil toneladas.

O consumo interno está estimado em 42,40 milhões de toneladas, produzindo aproximadamente 29,73 milhões de toneladas de farelo de soja e 7,53 milhões de litros de óleo. O estoque de passagem da safra 2012/2013 está estimado em 3,37 milhões de toneladas.

agro.olhardireto

Responder

comment-avatar

*

*