Fabrica de fertilizantes vai investir R$ 50 milhões em Querência

Depois de 3 anos de discussões e estudos, a fábrica Fertilizantes Tocantins anunciou que vai instalar uma unidade industrial na cidade de Querência, região do Norte Araguaia de Mato Grosso. Segundo José Eduardo Motta,  diretor da empresa, o investimento será em torno de R$ 50 milhões, gerando cerca de 200 empregos na obra, a previsão de inauguração da fábrica é para junho de 2012. “Essa instalação vai estar pronta em menos de 1 ano, e temos fé de que ano que vem os produtores dessa região vão utilizar fertilizantes produzidos aqui” – frisou ele.

A opção por Querência se deve a uma série de fatores, segundo ele. Entre os quais pelo fato da área plantada na região ser considerada significativa.  “Todo o Vale do Araguaia vai ser beneficiado, tanto para os pequenos agricultores como para os grandes ou médios, a região mais próxima que atende o vale com fertilizantes é Rondonópolis que fica a 900 km ou São Paulo, Goiás, ou mesmo o Paraná há 2 mil km. O Araguaia pode ser orgulhar porque terá uma fabrica moderna com capacidade de atender todo o vale, vai ser uma das empresas mais modernas do Brasil”, avaliou Motta Diretor do Grupo.

José Eduardo Motta fez questão de agradecer o empenho do prefeito de Porto Alegre do Norte, Edi Scorsin, o Tarzan, e também do empresário do agronegócio Édio Brunetta, que fizeram grande esforço para que a empresa se instalasse em Porto Alegre do Norte. “Quero agradecer a grande atenção e dedicação do Prefeito de Porto Alegre e do nosso amigo Édio Brunetta para que a Fertilizantes Tocantins se instalasse na região, escolhemos Querência, mas reconhecemos o potencial da cidade de Porto Alegre, Confresa e Canabrava do Norte, a região toda como os Baianos inclusive é um grande potencial do Agronegócio e vamos atender toda essa região com postos de vendas à partir do ano que vem”, garantiu Motta.

A região do Araguaia vem se destacando no cenário do agronegócio. Durante reunião realizada pelo Estradeiro da Aprosoja no mês passado em Porto Alegre do Norte, técnicos do órgão deram uma notícia satisfatória para a expansão da região, de acordo com a Aprosoja 3 dos 9 milhões de hectares que existem no MT para o plantio estão no Araguaia, a região também é conhecida como a última fronteira agrícola do Brasil.

 

Fonte:24 Horas News

Responder

comment-avatar

*

*