Fazendeiro em MT leva R$ 53 milhões em multas por desmate ilegal

Fiscais do Ibama, equipes do Exército e da Polícia Militar Ambiental multaram um fazendeiro em R$ 53 milhões, em São José do Xingu, por desmatamento e transporte ilegal de madeiras da zona rural para a cidade. Cabe recurso. As autuações foram pelo descumprimento de embargo, por impedir a regeneração da vegetação nativa e retirada de material lenhoso. As áreas haviam sido autuadas pelo Ibama anteriormente e estavam sendo usadas para a criação de gado. No local, foram apreendidos dois tratores que estavam retirando madeiras, sendo um de esteira Caterpillar e um valmet 1280. Dos quase 50 mil hectares pertencentes à propriedade autuada, cerca de dez mil hectares encontram-se embargados.

Também, mediante denúncia, foi feito o levantamento do pátio de uma madeireira em São José do Xingu onde foram constatadas irregularidades na venda e no estoque, sendo lavrados dois autos de infração, que totalizaram aproximadamente R$ 250 mil e apreensões de 260 metros cúbicos de madeiras. Estas madeiras estão sendo utilizadas em obras sociais nos municípios de Confresa e Canarana. Somente no município de Confresa, já foram reformadas dez pontes pela equipe de engenharia do Exército com as madeiras apreendidas.

Fonte:Só Noticias

Responder

comment-avatar

*

*