Garota de 12 passa por estupros, aborto forçado e tentativa de enforcamento; irmãos são detidos

Depois da denúncia de repetidos estupros, uma pré-adolescente de 12 anos foi encontrada na tarde de ontem, 28, com marcas de agressão no bairro Alameda, em Várzea Grande. Além dos constantes abusos, a garota foi forçada a passar por um aborto e apresentava inchaço no pescoço, decorrente de uma tentativa de enforcamento sofrida no domingo, 27. O suspeito pelas agressões, o serralheiro A.J.C.C, 21 anos contava supostamente com a conivência da irmã, J.M.C, 37, para cometer os crimes e ameaçar a vítima.

A Polícia Militar foi acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), depois que duas tias da menina descobriram o que estava acontecendo com a sobrinha e o local onde os acusados viviam. Segundo elas, a irmã do suspeito vinha realizando ligações ameaçadoras, a fim de intimidar a vítima.

Os dois suspeitos foram autuados pelos crimes de estupro de vulnerável e lesão corporal. De acordo com o boletim de ocorrência nº 2015.287871, vários vizinhos testemunharam os casos de violência e confirmaram a situação às autoridades. Segundo eles, a vítima vive nestas condições desde os nove anos de idade.

Os suspeitos foram apresentados na delegacia sem uso de algemas. A ocorrência segue agora para devida averiguação.  Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*


*