Gerência de Combate ao Crime Organizado ganha sede em Cuiabá

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, ganhou a sua primeira sede própria, desde sua criação há mais de 12 anos. A unidade especializada da Polícia Civil foi criada, inicialmente, como Grupo de Combate ao Crime Organizado, por meio de portaria administrativa no dia 27 de junho de 2000, assinada pela Diretoria Geral da PJC.
A unidade está instalada em um prédio na Rua Santiago, 115, do bairro Jardim das Américas, na região do Coxipó, inaugurada na tarde desta terça-feira, 18 de março, durante visita do delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Anderson Garcia, com presença de diretores da PJC, policiais e pessoas ligadas ao segmento de segurança bancária e carros-fortes.
O prédio propicia instalações mais amplas e melhores acomodações aos policiais que trabalham na unidade. Antes, o GCCO ocupava uma parte do 2º andar da sede da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, na Avenida Coronel Escolástico, no bairro Bandeirantes.
O delegado geral, Anderson Garcia, que também atuou no GCCO, quando ainda era chamado de Grupo, ressaltou a importância da Gerência dentro da estrutura da Polícia Judiciária Civil e a agora sua independência predial. “Como unidade que ao longo dos anos conquistou respeito perante a sociedade é merecida a nova instalação, para que possa continuar a desempenhar o trabalho de excelência no combate às organizações criminosas”, disse.
Passados uma década, em 2010, o Grupo evoluiu para Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que tem a missão de gerenciar, supervisionar e executar as

atividades das divisões de anti-sequestro, combate ao crime organizado e investigações especiais e ainda núcleo de inteligência, que mantém acompanhamento permanente de organizações criminosas, possibilitando a repressão e antecipar a prática de crimes, como roubos a bancos, caixas eletrônicos e defensivos agrícolas,
O GCCO ainda fornece apoio a investigações de crimes em andamento nas  delegacias e outras demanda quando determinadas.
À frente das atividades da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), desde 9 de maio de 2011, o delegado Flávio Henrique Stringueta, disse que o espaço próprio é uma grande conquista para todos que atuam na Gerência. “A sede é apropriada para as atuais atividades do GCCO e o espaço atende as necessidades de estacionamento e guarda de veículos apreendido. O prédio também possui salas para todos os cartórios e outras dependências, dando ainda mais mobilidade para a unidade”, declarou Stringueta.
Também atua na unidade a delegada Cleibe Aparecida de Paula.

Responder

comment-avatar

*

*