Governador de MT autoriza obra de ampliação em aeroporto para a Copa

Ordem de Serviço foi assinada ontem terça-feira (13) em Cuiabá.
Primeira fase será concluída em seis meses, avalia Silval Barbosa.

Em novembro foi inaugurado o novo Módulo Operacional Provisório (MOP), no aeroporto Marechal Rondon.on.  (Foto: Reprodução/TVCA)Em novembro foi inaugurado o novo Módulo
Operacional Provisório (MOP)
(Foto: Reprodução/TVCA)

O governador Silval Barbosa assinou ontem terça-feira (13) a ordem de serviço para o início das obras de ampliação do Aeroporto Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, para a Copa de 2014. A primeira fase consiste na construção de um novo prédio administrativo da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que atualmente funciona sobre a ala do desembarque – agregada ao Módulo Operacional Provisório (MOP).

O secretário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transporte, Francisco Vuolo, explicou que este estágio das obras consiste em preparar o ambiente para a ampliação do terminal. Dessa forma, também serão demolidas as estruturas situadas nos terrenos que serão utilizados para a ampliação do estacionamento. A ala antiga de desembarque também será demolida e abrirá espaço para a ampliação do terminal. “Nos reuniremos com a empresa para fechar toda a operacionalização da obra”, acrescentou.

A empresa Engeglobal Construções Ltda é a vencedora da licitação e a primeira etapa da obra deverá levar aproximadamente seis meses para ser concluída. Já a segunda fase da obra, que consiste na ampliação do terminal, incluindo o estacionamento, terá o projeto executivo entregue entre o final de março e o início de abril. “Se o projeto for entregue no início de abril, preparamos o termo de referência para a licitação e em junho deve estar sendo dada a ordem de serviço”, explicou o governador Silval Barbosa.

O convênio com a Infraero para a construção do novo prédio foi assinado em dezembro de 2011 e orçado em R$ 6,2 milhões. O próximo passo, após receber o projeto da Infraero, será a assinatura de convênio para licitação da construção da parte definitiva e deverá ser concluído até dezembro de 2013, com investimento de R$ 87 milhões.

Segundo o superintendente da Infraero em Mato Grosso, João Marcos Coelho Soares, o aeroporto passará dos atuais cinco mil metros² para 13 mil metros², em aumento de infraestrutura. “A parte de estrutura física do aeroporto, ambientes de trabalho e de circulação, tudo isso será melhorado muito”, afirmou.

G1 MT

Responder

comment-avatar

*

*