Governo quer modificar projeto de ferrovia em ponte sobre rio das Mortes

A Superintendência de Projetos da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias pediu o prazo de uma semana para atender ao pedido do governo do Estado de modificar o projeto da ponte da Ferrovia da Integração do Centro-Oeste (Fico) sobre o rio das Mortes, entre os municípios de Água Boa e Cocalinho, de Ponte Ferroviária para Ponte Rodoferroviária. O projeto original da ferrovia prevê a construção apenas de um modal, o ferroviário. O superintende Bruno Rotta Júnior deve anunciar a decisão até a quarta-feira (14).

O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo, disse que já entregou todos os dados técnicos solicitados pela Valec, mostrando a importância de se construir também a ponte rodoviária, contemplando uma antiga reivindicação que é a interligação com a MT-326. Atualmente a travessia do rio das Mortes, na região, é feita por balsas. Que além de ser lenta, provocando atrasos, é cara.

Segundo Vuolo, os estudos técnicos realizados demonstram que será necessária uma pequena alteração do projeto original da ferrovia em aproximadamente de 15 km, para permitir o cruzamento junto à MT-236. O projeto logístico de Mato Grosso pensa a questão da integração como um todo. Para se abastecer, por exemplo, o futuro Terminal Ferroviário de Água Boa, será imprescindível ser viabilizado o acesso pela rodovia. Além disso, destaca o secretário Vuolo, a região já conta com a exploração de jazida de minério e uma forte produção no setor da pecuária, e precisa de linhas de escoamentos.

Essa ponte terá uma extensão em torno de 800 mts e os recursos tanto da ponte como da ferrovia serão disponibilizados por meio da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O secretário Francisco Vuolo lembra ainda que o governador Silval Barbosa fez essa reivindicação no ano passado na gestão do então presidente da Valec, José Francisco das Neves, e neste ano esteve com a nova direção da empresa reiterando a solicitação. O Governador reconhece a importância do modal ferroviário para a logística do Estado, assim como também das rodovias, por isso o Governo vem trabalhando pela federalização da MT-236 para BR 251, no trecho entre Cocalinho e Água Boa.

Só Notícias com assessoria e Redação Canarana News

Responder

comment-avatar

*

*