Grevistas furam bloqueio e fazem manifesto durante visita de Dilma a MT

A presidente da República Dilma Rousseff (PT) chegou na manhã desta quinta-feira (19) em Rondonópolis, município localizado a 212 quilômetros de Cuiabá, para inaugurar o maior complexo intermodal da América Latina.

O que era pra ser uma cerimônia privada, que contaria com a presença de 300 convidados, foi palco de um manifesto dos servidores do Correios, que conseguiu furar o bloqueio da segurança do evento.

Os grevistas conseguiram entrar na tenda onde se encontram, neste momento, além da presidente, o governador Silval Barbosa (PMDB) e diversas autoridades políticas do Executivo, Legislativo e Judiciário mato-grossense. Os servidores dos Correios empunham faixas com frases de efeito pedindo por providências da União.

A segurança do evento está sendo feita pela Polícia Militar (PM) e por militares do 18º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC).

Antes de se dirigir ao evento, Dilma deu entrevista coletiva para a imprensa credenciada, e seguiu em comboio para o Complexo Intermodal de Rondonópolis (CIR). A presidente está acompanhada do Ministro dos Transportes, César Borges (PR).

O Executivo Municipal espera anuncio da duplicação do trecho entre Rondonópolis e o Terminal, que fica a aproximadamente 25 km de distancia da cidade, que compete com Sorriso e Sinop pelo título de capital do agronegócio mato-grossense.

Esta será a segunda visita de Dilma a Mato Grosso, a primeira aconteceu durante o período da sua campanha à presidência da República. Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*