Guimarães desconfia que incêndio na Arena foi criminoso; Politec investiga

Admitindo a possibilidade de o incêndio que atingiu parte do canteiro de obras da Arena Pantanal na última sexta-feira ter sido de origem criminosa, a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) determinou a investigação minuciosa do caso. O secretário Maurício Guimarães informou que a Polícia Civil e a Politec estão trabalhando no esclarecimento do episódio, desde a última sexta-feira. A suposição de que houve uma sabotagem foi reforçada nas últimas horas.

Guimarães também informou que há indícios de que o fogo tenha sido provocado. “Não podemos negar os indícios, mas, antes de qualquer coisa, vamos esperar o término dos trabalhos da Politec. É do interesse do Governo do Estado que esse caso seja elucidado o mais rápido possível”, disse Guimarães, para quem, a repercussão nacional do fato de forma negativa incomodou muito. “Está parecendo sabotagem”, disse.

No entanto, a Secopa terá que esperar até o final do mês de novembro para tomar ciência do que aconteceu realmente. A Politec, que investiga o caso e está colhendo provas para o esclarecimento de uma suposta sabotagem ou incêndio criminoso, está realizando uma investigação profunda. Assim, o laudo da perícia não deve sair em menos de um mês de apuração.

O secretário Maurício Guimarães reafirmou que apesar do susto e de prejuízos com material, as obras seguem normalmente e o cronograma de entrega da Arena Pantanal não será afetado. “Não haverá sequer um dia de atraso. A obra não parou e nem vai parar”, assegurou Guimarães.

O incêndio – O fogo teve início por volta das 15 horas de sexta-feira, estoque de isopor, no setor Oeste, no térreo da arena. Acionado, o Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local e em apenas 15 minutos controlou as chamas, com o apoio de quatro caminhões-pipa. Uma grande nuvem de fumaça preta chamou a atenção dos moradores do Verdão. Houve perda de grande parte de estoque de isopor que seria utilizado como isolante térmico da cobertura. Ninguém se feriu no incidente. Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*