Homem tem braços dilacerados e morre eletrocutado durante manutenção de colheitadeira

O operador teria se afastado da Sede da Fazenda com a máquina para evitar fazer poeira, quando ocorreu o acidente que lhe custou a vida

O paranaense Pedro Antônio Batista Filho, 50 anos, morreu depois de levar uma forte descarga elétrica durante a manutenção de uma colheitadeira em uma fazenda que fica a 9 km do distrito de Santo Antônio do Fontoura, o homem teve dois braços dilacerados pela máquina que estava em funcionamento.

De acordo com informações repassadas com exclusividade ao Site Agência da Notícia, Pedro Filho fazia a manutenção da máquina próximo a rede elétrica quando por um descuido tocou em um fio de alta tensão, com a descarga ele caiu sobre a máquina que estava ligada e teve os braços dilacerados.

Conforme testemunhas, o operador da colheitadeira não queria fazer poeira próximo a sede por isso se afastou com o equipamento momento em que aconteceu o acidente que lhe custou a vida. Pedro Filho era natural de Sertanópolis estado do Paraná, o corpo do operador de máquinas foi levado para Londrina onde a família reside.

O caso aconteceu no último dia 04 de Abril no município de São José do Xingu, a Polícia Militar esteve no local onde elaborou o boletim de ocorrência. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*