Índio Karajá é condenado a 12 anos de prisão em Vila Rica

Valdemar Simonia Karajá, 42 anos foi condenado na terça-feira 09 de Julho há 12 anos de prisão, com regime inicial fechado pela morte de Xirohana Karajá acontecido no ano de 2001 na cidade de Santa Terezinha, região do Araguaia.

 De acordo com os autos o indígena foi denunciado como incurso no artigo 121, § 2°, inciso III, do Código Penal, visto que, no dia 12 de maio de 2001, desferiu vários socos e golpes na vítima, causando-lhe ferimentos e consequentemente a morte.

 O julgamento durou cerca de 5 horas, e o indígena foi condenado a 12 anos de prisão, a sentença foi proferida pelo juiz Ivan Lúcio Amarantes que condenou o réu com fundamento no artigo 121, § 2º, III, do Código Penal. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*