JURI POPULAR CONDENOU ASSASSINO DE BRAGUINHA A 18 ANOS DE CADEIA

Martelo do juizNesta terça-feira, dia 03 de dezembro, foi realizado no plenário da Câmara Municipal de Canarana, o juri popular do acusado do assassinato de Geraldo Pereira Braga, o popular Braguinha. O autor do delito, Genir Soares de Souza, de Ribeirão Cascalheira foi condenado a 18 anos e 10 meses de reclusão. O crime ocorreu na Fazenda São Luiz do Turvo, Município de Canarana, no dia 09 de setembro de 2004. O motivo que levou Genir a matar Geraldo, foi a negociação envolvendo uma casa e um terreno na cidade de Ribeirão Cascalheira, onde ambos residiam. Conforme consta nos autos, Geraldo vendeu a casa para Genir e depois queria desfazer o negócio por se sentir no prejuízo. Foi então que Genir contratou um veículo de propriedade de Valmir Peres Borges, levou Geraldo para essa fazenda e o matou com golpes de madeira e uma barra de ferro. Em seguida arrastou a vítima para perto de um córrego e fugiu do local. No dia seguinte o corpo de Geraldo foi localizado por uma moradora próxima. Seguiu-se o inquérito policial que concluiu na prisão de Genir como autor do crime. Após alguns meses detido na cadeia de Canarana, Genir conseguiu fugir. Foi para Belém do Pará, onde cometeu um crime de latrocínio, sendo condenado a 26 anos de cadeia. Após três anos na prisão, Genir novamente fugiu e até hoje seu paradeiro encontra-se desconhecido.

Responder

comment-avatar

*

*