Justiça decreta prisão de rapaz que ateou fogo em cunhada em São José do Xingu

Um rapaz de 19 anos teve a prisão preventiva expedida decretada pela Justiça após confessar que ateou fogo na cunhada, de 18 anos, em São José do Xingu, a 100 quilômetros de Confresa. De acordo com a polícia, o suspeito alegou que ateou fogo na vítima ‘por brincadeira’.

Ela está internada há uma semana no hospital da cidade com queimaduras de segundo grau nas costas, no braço e na perna, quando deu entrada na unidade hospitalar, ela tentou acobertar o suspeito dizendo à polícia que, acidentalmente, derramou gasolina no próprio corpo e se aproximou do fogão da casa dela.

Diante da gravidade e localização das lesões, o delegado João Biffe Junior descartou a alegação de que ela mesma teria se queimado. As investigações mostraram que no dia do acidente, o cunhado da vítima esteve na casa dela, ele foi preso horas depois próximo a uma represa.

O suspeito foi conduzido à delegacia e, em depoimento, apresentou muitas versões contraditórias, dentre elas, que ateou fogo para matar formigas. O delegado informou que a vítima mudou a versão, após saber da prisão do cunhado. No hospital, a mulher disse ao delegado, que o cunhado jogou  gasolina e ateou fogo nela sem nenhum motivo.

Após a nova versão da cunhada, o suspeito assumiu o crime. “Ele disse que jogou gasolina sobre a vítima por brincadeira e ateou fogo, gotas de  gasolina pingaram no solo, tendo o fogo se propagado até atingir o corpo dela”, informou o delegado.

De acordo com o hospital, a vítima apresentou melhora no quadro clínico e o estado de saúde é considerado estável. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*