LUIZ CANCIAN DEIXA SUA MARCA NA HISTÓRIA DE CANARANA

O ex-prefeito de Canarana, Luiz Cancian, que faleceu nesta segunda-feira, dia 13 de maio de 2013, por volta das 12:00 hs, no Pronto Socorro de Cuiabá, deixa uma extensa página na história de Canarana. Além de ter sido o caminhoneiro que trouxe as primeiras duas famílias para o Projeto de Colonização em 1972, foi o primeiro administrador do Município e agora entra para a história também como o primeiro entre os prefeitos e vice-prefeitos que o município já teve, que vem a falecer.

          CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DE LUIZ CANCIAN

         Como Administrador Municipal, foi o primeiro Chefe do Executivo de Canarana no período de 15 de fevereiro de l98l a 31 de janeiro de 1983.

         Luiz Cancian nasceu em 7 de junho de 1945 em Tuparendi, RS, como o quarto filho do casal Pedro e Graciosa Avrella Cancian que transferiram sua residência para Tenente Portela, RS, de onde vieram as primeiras famílias para Canarana.

         Em Tenente Portela cursou a escola primária, fez o ginásio e ingressou no ensino do 2’ grau. Foi líder estudantil como presidente do Grêmio Estudantil Padre Landeill de Moura do Ginásio Aurélio Porto. Como desportista presidiu o Ipiranga Futebol Clube. Nas atividades sociais participou do Lions Clube e foi sócio do Clube Comercial. Nas atividades empresariais esteve ligado à fabricação de móveis e estofados e ao transporte.

         Luiz Cancian veio a Canarana em 1972 acompanhando a implantação dos projetos de colonização, inicialmente como transportador e posteriormente como representante de maquinas e implementos agrícolas gerenciando a filial da Cal S/A. Presidiu a Cooperativa de Transportes Canarana Ltda – Coopercarga – e, representou em Canarana as linhas aéreas da VOTEC.

         Como cooperativista foi por diversas gestões Presidente ou membro integrante do Conselho Fiscal da Cooperativa Agropecuária Mista Canarana Ltda – Coopercana.

         Luiz Cancian presidiu a Sociedade Amigos de Canarana e a Comissão Pro-Emancipação. Com a criação do Município, através de Lei nº 4.165, de 26 de dezembro de 1979, Luiz Cancian foi nomeado administrador pelo então governador Frederico Campos, tomando posse no dia 15 de fevereiro de 1981, dia que foi instalado o novo Município, exercendo o cargo por dois anos.

           No dia 19 de abril de 1988 participou da constituição da sociedade Rádio Canarana FM Ltda, juntamente com José Amílcar de Souza, Arlindo Cancian, Valdir Evangelista Schmit Zeni e João Carlos Cappelaro. Esta sociedade deu origem a Rádio Gaspar de Canarana Ltda, a atual Rádio Capital do Araguaia FM, que foi inaugurada no dia 01 de Julho de 1991.

         Sempre ligado às atividades políticas inicialmente como integrante da Arena e posteriormente do PDS e PEL, concorreu ao cargo de Prefeito Municipal pela coligação da Frente Trabalhista Liberal (FTL) nas eleições municipais de 1988, juntamente com seu vice Neldo Egon Weirich,  não conseguindo a sua eleição.

         Na eleição de 03 de outubro de 1992, que foi a terceira eleição realizada no Município, Luiz Cancian voltou a concorrer juntamente com o seu vice Walter Faria, formando a Aliança Liberal Trabalhista. Luiz venceu as eleições e exerceu o seu segundo mandato de prefeito de Canarana, de 1993 a 1996.

         Em 2000 Luiz Cancian voltou a concorrer como candidato a prefeito, juntamente com o candidato a vice Wilson da Tanguro, mas não conseguindo se eleger.

         Sua última participação em eleições municipais aconteceu no ano de 2008, quando disputou uma cadeira para a Câmara de Vereadores. Embora tenha feito 646 votos, ficou como suplente do DEM.

         Seu último cargo em sua carreira política foi o de presidente do Diretório Municipal do DEM de Canarana, cargo que vinha exercendo há mais de uma ano.

         Luis Cancian tem do seu primeiro casamento os filhos Cinara e Miguelângelo e do segundo matrimonio, com Marilei Bier, os filhos Átila e Pérsio. Ultimamente Luiz Cancian era casado com Daiany Luiza Meneghetti. (Texto de Domingos Finato com dados deixados por Arlindo Schwantes na Fundação Pró-Memória de Canarana)


Responder

comment-avatar

*

*