Mato-grossenses devem gastar mais de R$ 300 com presentes

O consumidor mato-grossense é um dos que mais pretendem gastar neste Dia das Crianças, que será comemorado amanhã, dia 12. Levantamento realizado pela empresa Pesquisejá em 11 estados e no Distrito Federal mostra que 37% dos pais, em Mato Grosso, pretendem gastar mais de R$ 300 com presentes para os filhos. Neste quesito, o Estado só perde para o Distrito Federal, onde 40% admitem desembolso superior a R$ 300.
A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 6 de outubro, totalizando quase dois mil entrevistados. Entre os dados de destaque, estão a pretensão de gastos e a preferência das lojas físicas ao comércio eletrônico.
De acordo com o resultado, a grande maioria dos brasileiros pretende comprar presentes. Apenas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, mais de 10% dos entrevistados (17% e 12%, respectivamente) afirmaram que não pretendem comprar presentes para o Dia das Crianças.
No Rio de Janeiro, em São Paulo e em Minas Gerais, 5%, 2% e 1% dos entrevistados, respectivamente, também informaram que não irão presentear. Nos demais estados, 100% dos participantes confirmaram a intenção de compra. Mais de 85% dos participantes informaram que irão presentear de uma a três crianças.
No que se refere às categorias de compra, a pesquisa revela uma grande variedade, com uma concentração maior de eletrônicos em Goiás (44%) e de presentes educativos em Mato Grosso (40%).
Vinte e nove por cento dos pais mato-grossenses vão dar algo eletrônico para o filho, enquanto outros 14% presentearão com roupas. Na metade dos estados, incluindo Mato Grosso, a intenção de comprar um livro é de 0%. Neste quesito, o Rio Grande do Sul lidera. Lá, 13 em cada 100 pais pretendem dar um livro ao filho.
Apesar do forte crescimento do comércio eletrônico, a pesquisa revela que o brasileiro ainda prefere a loja física. De acordo com o levantamento, apenas em dois estados, Goiás e Mato Grosso, a internet aparece com 10% da preferência do entrevistado.
Em algumas localidades, como no Mato Grosso do Sul (12%), Paraná (18%) e Santa Catarina (25%), mais de 10% dos entrevistados sinalizaram que a compra poderá ser feita tanto pela internet quanto em loja física.
Fundada em 2010, a Pesquisejá é uma empresa especializada em monitoramento, gestão de informações e realização de pesquisas para a cadeia de consumo. Com abrangência nacional, possui cerca de 200 colaboradores em todo o País.
SERVIÇO – A Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL) confirmou ontem que apesar do sábado, dia 12, ser feriado religioso, comemorativo a Nossa Senhora Aparecida, padroeira da capital mato-grossense, o comércio de Cuiabá poderá abrir as portas normalmente. Nesta data também se comemora o Dia das Crianças. O funcionamento foi acordado na Convenção Coletiva da categoria para o exercício 2013, ainda no primeiro semestre do ano.
“Vamos funcionar no sábado das 8h15 às 20h e no domingo até às 15h”, vai mais longe Gilmar Rocha, proprietário da Real Brinquedos, de olho nos pais que deixaram as compras do presente da criançada para a última hora.
A Moda Verão estará aberta, lojas do Centro e dos bairros, com produtos que vão desde a linha infantil até adultos, masculino e feminino. “O expediente será normal”, atesta o empresário Júnior Vidotti. Nos bairros o horário é estendido até às 20h.
Nos shoppings o funcionamento será o normal dos sábados.
“Todo e qualquer estabelecimento comercial ao abrir no feriado deverá observar os critérios trabalhistas, entre eles, 100% de hora-extra paga e um dia de folga dentro do prazo de 30 dias”, esclarece a CDL Cuiabá.
Ainda este ano, a entidade lembra que existem três feriados: 02/11/2013 (sábado) – Dia de Finados, 15/11/2013 (sexta-feira) – Proclamação da República e 25/12/2013 (quarta-feira) – Natal. Diário de Cuiabá

Responder

comment-avatar

*

*