Mato Grosso cria Federação de Futebol Americano

A Federação Mato-Grossense de Futebol Americano (FMFA) foi criada no último fim de semana em Cuiabá. O órgão que está filiado a CBFA (Confederação de Futebol Americano do Brasil) tem por finalidade representar o esporte junto aos poderes públicos e a Confederação, além de trabalhar para o crescimento do futebol americano no Estado, apoiando as novas equipes e incentivando o surgimento de outras. Até agora, fazem parte da federação o Cuiabá Arsenal, Sinop Coyotes, Tangará Taurus e Cuiabá Angels.

 De acordo com o presidente do Cuiabá Arsenal, com a federação, também fica mais fácil conseguir apoio do Governo Estadual, através da Secretaria Estadual de Esportes e apoio da CBFA para projetos da própria Federação no sentido de desenvolver o esporte, jogadores, árbitros e equipes. O foco nesse primeiro momento é o Flag Football, com a realização do Campeonato Cuiabano e do Campeonato Mato-Grossense e participação no Circuito Brasileiro de Flag Football em Cuiabá. “O Flag é uma excelente ferramenta para o crescimento do esporte e outras cidades como Rondonópolis, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Colíder, já demonstraram interesse em formar equipes”.

 A escolha do presidente da federação aconteceu no sábado. Quem assumiu o cargo foi o educador físico e membro do CREFI (Conselho Regional de Educação Física), Julio Cesar Souza Garcia. Pela falta de recursos próprios, a sede da Federação, inicialmente, será o escritório de um dos membros da Diretoria e os custos serão rateados entre as equipes federadas.

 Ferreira conta que já existem várias federações no país e a mais atuante é a Federação Paranaense de Futebol Americano, que inclusive já possui um Tribunal de Justiça Desportiva dedicado ao Futebol Americano. Vários outros estados estão se movimentando no sentido de criar federações, mas ainda pode demorar um pouco para que todas as equipes estejam filiadas.

 Profissionalização

Para o presidente do Cuiabá Arsenal, Orlando Ferreira, a profissionalização do Futebol Americano é um passo importante e certamente acontecerá em um futuro mais breve do que se imagina. Ferreira observa ainda que, a organização, tanto das equipes, quanto da confederação e das federações, tem caminhado a passos largos. “Tenho certeza que todo esse esforço trará resultados muito rapidamente”.

Responder

comment-avatar

*

*