Mato Grosso lidera desmatamento na Amazônia Legal em janeiro

Mato Grosso foi o estado da Amazônia Legal que mais desmatou em janeiro, segundo relatório da Ong Imazon, divulgado na quinta-feira (21). Ao todo, foram 22 Km2 desflorestados, correspondendo a 63% de todos os registros. Amazonas (12%), Pará (9%), Roraima (9%) e Rondônia (7%) apareceram logo em sequência. A elevada cobertura de nuvens no mês impediu a avaliação do desmate no Amapá.

Ao todo, a floresta perdeu 35 quilômetros quadrados no primeiro mês de 2013, representando um crescimento de 6% sobre janeiro de 2012, quando o desmatamento somou 33 quilômetros quadrados e a cobertura de nuvens foi de 88%, conforme o Imazon.

Em janeiro de 2013, os municípios que mais desmataram foram Itanhangá, a 447 km de Cuiabá, e Novo Santo Antônio, também em Mato Grosso. Respectivamente, registraram 10,4 quilômetros quadrados e 2,9 quilômetros quadrados.

A lista das cidades mais críticas contém ainda Nova Maringá (MT), com 2,8 km2; Itaúba (MT) com 2,5 km2; Canutama (AM) com 1,6 km2; Sinop (MT) com 1,4 km2; Porto Velho (RO) com 1,4 km2; Iracema (RR ) com 1,4 km2; Prainha (PA) com 1,2 km2 e Humaitá (AM) com 1,1 km2.

Ainda de acordo com o relatório do Imazon, em janeiro de 2013, grande parte (77%) do desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse, onde registraram-se 27 km2. O restante foi em Unidades de Conservação (3%), com 1 km2, e Assentamentos de Reforma Agrária (20%), com 7 km2. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*