Mato Grosso registra sexto caso de morte por dengue neste ano

Até o dia 16 de setembro MT já registrou mais de 21 mil casos de dengue.
Segundo a SES-MT, outras quatro mortes ainda estão sendo investigadas.

Mato Grosso contabiliza mais de 21 mil casos de dengue neste ano (Foto: Reprodução/TV TEM)

O sexto caso de morte em decorrência da dengue foi confirmado nesta terça-feira (22) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso. Segundo a SES, a vítima é um homem de 34 anos que morava na cidade deJuína, a 737 km de Cuiabá. No total, Mato Grosso registra seis mortes provocadas pela doença neste ano e outras quatro ainda estão sendo investigadas. Em 2014 ocorreram cinco mortes.

Ainda de acordo com a SES, entre 1º de janeiro e 16 de setembro de 2015 foram notificados 21.574 casos de dengue. No mesmo período de 2014 foram 9.759 casos, ou seja, neste ano houve um aumento de 121,07%. As informações são da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde.

Mato Grosso ainda contabiliza 77 cidades com alta incidência de dengue. Sinop, Várzea Grande, Santa Carmem, Ribeirãozinho,Cocalinho, Paranaíta, Santa Rita do Trivelato,Torixoréu, Campo Novo do Parecis, Alto Taquari, Matupá, Novo Horizonte do Norte,Serra Nova Dourada estão entre os municípios que apresentaram os maiores índices.

Em relação à febre chikungunya, foram registrados 316 casos suspeitos. Deste total, 227 estão sob investigação e 89 foram descartados nos municípios de Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, Cuiabá, Guaratã do Norte, Juína, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Nova Olímpia,Primavera do Leste, São Felix do Araguaia, Sorriso, Terra Nova do Norte, Várzea Grande,Rondonópolis. Até o momento, não foi confirmado nenhum caso de transmissão da doença em Mato Grosso.

Sobre o zika vírus, já foram enviados 164 amostras para diagnóstico diferencial. Desse número,  estão sob análise, 68 exames foram descartados por ausência de critérios clínicos epidemiológicos. Trinta e três estão aguardando triagem e 25 exames foram liberados, com confirmação de cinco casos.

Os sintomas da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus, são parecidos. Geralmente, o paciente apresenta febre, dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, além de manchas na pele. A fotofobia é uma das características diferenciais da doença, assim como manchas nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, e conjuntivite sem secreção e coceira.

A SES orienta que os moradores eliminem os locais com água limpa que servem como criadouro do mosquito. Além disso, é preciso manter os quintais e terrenos sempre limpos e as caixas d’águas devidamente fechadas. G1.MT

Responder

comment-avatar

*


*