MEDICINA DA UNEMAT TERÁ 30 VAGAS NO PRÓXIMO VESTIBULAR DA UNEMAT

O governador Silval Barbosa participa no dia 1 de março, na sede da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), em Cáceres, do lançamento do edital do vestibular dos cursos da universidade, inclusive, o de Medicina. A reitoria já concluiu todas as fases do processo para aprovação do curso: elaboração do projeto pedagógico; encaminhamento do projeto para apreciação e a deliberação dos conselhos da universidade – Conselho Superior do Campus, Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Conepe) e o Conselho Universitário (Consuni).
 
“Nunca na história da universidade um governador demonstrou tanto interesse e boa vontade pela instituição. No caso específico do curso de Medicina, desde o início o governador foi parceiro e, um dos principais, incentivadores” enfatizou o reitor.
 
Além de garantir e valorizar a implantação do curso, a presença do governador, durante o ato, conforme o reitor, Adriano Silva, é uma forma de assegurar a liberação dos recursos para aquisição de equipamentos, estrutura física e contratação e capacitação do corpo do docente. Ele diz que já está sendo realizado, pela universidade, um curso de capacitação didático pedagógico com 70 médicos de Cáceres e região para atender, inicialmente, a demanda do curso.
 
“Não que vamos precisar dos 70 médicos para o trabalho. A ideia e selecionar os profissionais”, diz informando ainda que o edital para seleção das residências médicas – Pediatria, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia também já está em fase de execução, com início das aulas previsto para o dia 12 de março.
 
O concurso vestibular para Medicina deverá ocorrer nos próximos dias. De acordo com a Comissão de Vestibular (Covest) serão ofertadas 30 vagas por semestre. A primeira turma deverá ingressar na universidade na primeira quinzena de agosto, deste ano. O curso tem uma duração de 12 semestres ou seis anos. Inicialmente, conforme o reitor, o curso tem um investimento na ordem de R$ 9 milhões, subdivididos em: recursos humanos, aquisição de equipamentos e infraestrutura.
 
O reitor ressalta que o apoio do governador Silval Barbosa, está estabelecido não apenas para os cursos de Medicina, mas, para toda a universidade. Quais seja: todos os 44 cursos; produção de Ciência Tecnologia e Inovação e a Extensão Universitária. Enfatiza ainda que “a implantação da Medicina será um passo importante, na consolidação de Cáceres como um pólo de serviços de qualidade nas áreas de educação, saúde e turismo”.
24 HRS news

Responder

comment-avatar

*

*