Médico é preso por exercício ilegal da profissão

Um médico sem o devido registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) foi preso em flagrante, ontem (04/06), em Porto dos Gaúchos (250 quilômetros de Sinop). De acordo com a assessoria da Polícia Civil, ele tem formação superior por uma faculdade na Bolívia, mas como não tem o registro do conselho no país fica configurado o exercício ilegalmente a profissão.

A prisão aconteceu após denúncia de que o médico estava atuando de maneira ilegal, no hospital do município. Policiais civis foram até o local, onde constataram que além de não ter o registro do CRM, ele ainda assinava receitas utilizando o carimbo de outro profissional. Por este ato, ele responderá por falsidade ideológica.

De acordo com o delegado André Luís Barbosa, o acusado não fez o teste de proficiência para conseguir autorização para exercer a profissão no Brasil. Só Noticia

Responder

comment-avatar

*

*