Ministérios iniciam ‘caravana da segurança’ nas cidades-sede da Copa

Delegado e general devem se encontrar com secretários para orientações.
Nesta quarta, reunião será em Natal; em fevereiro, 32 países se veem no DF.

Os ministérios da Justiça e da Defesa dão início nesta quarta-feira (29) às chamadas “caravanas da segurança” para a Copa do Mundo. Ao longo das próximas duas semanas, o delegado da Polícia Federal e secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos, Andrei Rodrigues, e o chefe de Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general José Carlos De Nardi, vão se reunir com os secretários de Segurança dos 12 estados que abrigam as cidades-sede do Mundial de futebol, programado para o período de 12 de junho a 13 de julho.

A primeira agenda está marcada para as 14h desta quarta-feira, em Natal, na Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte. Durante as visitas, serão reforçados procedimentos de segurança e também vai ser verificado o andamento da capacitação dos policiais e do cumprimento das práticas de conduta determinadas para o evento esportivo.

Esses encontros ocorrerão em cada cidade para orientar a segurança integrada entre as forças federais e as polícias Civil, Militar e Rodoviária, além de bombeiros e agentes de trânsito.

Nossa preocupação é que não ocorram atos de violência, de vandalismo, que possam inclusive macular essas manifestações legítimas”
Andrei Rodrigues,
secretário de Segurança para Grandes Eventos

“É para a gente ratificar todo esse planejamento, toda essa estrutura que está desenhada. Reiterar o amplo apoio que o governo federal vem prestando para a segurança dos jogos, e também detalhar todo o procedimento, os investimentos que fizemos, em média R$ 80 milhões em cada unidade da federação”, diz Rodrigues.

Ainda de acordo com o secretário, essa agenda já estava prevista antes das manifestações do último fim de semana. “Nossa preocupação é que não ocorram atos de violência, de vandalismo, que possam inclusive macular essas manifestações legítimas”, afirma.

Nesta quinta-feira (30), Rodrigues e o chefe de Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas estarão em Fortaleza, onde se reunirão às 14h com a equipe da secretaria de Segurança do Ceará.

Reunião ampliada

No dia 13 de fevereiro, o Brasil fará a primeira reunião com todas as autoridades de segurança dos 32 países que vão participar da Copa.

Os representantes das embaixadas irão se reunir na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, na sala onde funcionará o Centro de Cooperação Internacional Policial, que opera durante grandes eventos.

No encontro, o governo brasileiro vai reforçar informações sobre efetivo, atribuições de cada força policial e como será o esquema de acompanhamento das delegações de cada seleção. Pelo menos 100 mil policiais de forças federais e estaduais vão participar da segurança durante a Copa do Mundo. G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*