Mulher que fingia ‘benzer dinheiro’ foi presa em MG

NOVA XAVANTINA – A benzedeira Valdirene de Fátima Mendonça, 39 anos, conhecida como Irene, foi presa em Turmalina, Minas Gerais por estelionato. No início do ano Irene aplicou um golpe no município de Nova Xavantina, levando mais de R$ 20 mil reais de um idoso de 83 anos. O idoso caiu na conversa da benzedeira, que disse que benzeria seu dinheiro, mas na verdade Irene trocou o dinheiro por papel, fugindo em seguida.

Valdirene Fátima Mendonça estava na cidade de Turmalina divulgando o mesmo tipo de ‘serviços’ que fazia em Nova Xavantina, o que chamou a atenção de um policial civil daquela cidade. O policial pesquisou sobre a benzedeira e constatou no site da rádio Interativa, que ela havia aplicado o golpe em Nova Xavantina. Imediatamente ele providenciou imagens da golpista e encaminhou para a policia civil de Nova Xavantina, que solicitou ao idoso, que fizesse o reconhecimento. Após confirmada a identidade de Irene ela foi detida em Turmalina/MG. O inusitado aconteceu quando a polícia civil de Nova Xavantina entrou em contato com a polícia de Turmalina.

Os policiais da cidade vizinha foram informados que a Polícia civil de Goiás já havia levado Valdirene, uma vez que ela também aplicou golpes no estado de Goiás, onde havia mandados de prisão contra ela. Segundo informações da polícia civil, no estado de Goiás, Valdirene de Fátima Mendonça aplicou um golpe de benzer 100 mil reais. A benzedeira foi presa por estelionato. Atenção povo. Não existe benzer dinheiro. Isso é fria. Mais uma vez a divulgação da notícvia pelo site da Interativa foi fundamental para localizar a suspeita. Interativa FM

Responder

comment-avatar

*

*