Neldo participa de Dia de Campo Soja Livre

Evento aconteceu na Fazenda Tanguro em Canarana.

 Programa Soja Livre

Criado com o objetivo de aumentar a oferta de cultivares de soja convencional e agregar valor à cadeia produtiva do grão não-transgênico, o Programa Soja Livre estimula uma produção que atenda o mercado de soja e seus derivados não geneticamente modificados. Realizado na Fazenda Tanguro em Canarana, do produtor Geraldo Delai, o Dia de Campo Soja Livre contou com a participação do deputado estadual Neldo Weirich (PR) e grande número de produtores.

Para oferecer ao produtor diferentes opções de cultivo e assim facilitar o planejamento da próxima safra, o programa realiza ainda testes e avaliações comparativas de desempenho das variedades de soja convencional. O evento contou com palestras, apresentação de resultados, apresentação de novas cultivares, novas tecnologias e opções de plantio e técnicas de cultivo.

Pela segunda vez na região do Araguaia, primeiro em Nova Xavantina e depois Canarana, os pesquisadores demonstraram os benefícios da soja livre. “O momento é importante uma vez que o preço da soja não-transgênica começa a se diferenciar. Além de ficar comprovado o seu bom desenvolvimento e a sua rentabilidade”, afirmou o parlamentar ao lembrar da alta tecnologia que os produtos livres apresentaram.

Promovido na safra 2013/2014 pela Aprosoja, Abrange, Coadeagri e Embrapa, e executado pela Agrodinâmica, Dalcin e Fundação Rio Verde com o patrocínio de diversas empresas ligadas ao agronegócio além do apoio da Aprosmat e da Famato, o Programa Soja Livre traz para o mercado cada vez mais opções de sementes de soja convencional.

O resultado do Dia de Campo foi o crescimento e o fortalecimento para a cultura da soja não-transgência em Mato Grosso. “O produtor está sempre buscando melhorias e novas informações técnicas para aplicar nos próximos plantios. Tornando a lavoura cada dia mais produtiva, rentável e competitiva no mercado interno e externo”, disse Neldo.

 

Responder

comment-avatar

*

*