Obras de infraestrutura turística para a Copa em Cuiabá ainda serão licitadas

Apenas 30% das placas de sinalização deverão ser instaladas até a Copa.
Licitações para obras de acessibilidade e CATs móveis ainda serão realizadas.

De três obras de infraestrutura turística previstas para ser entregues até a Copa do Mundo, emCuiabá, somente uma foi licitada pela prefeitura do município e nenhuma delas está pronta. A licitação para a confecção e instalação de placas de sinalização dos pontos turísticos da capital foi realizada na última sexta-feira (16) e a previsão da Secretaria de Turismo de Cuiabá é colocar 30% delas até o mundial. O restante deve ser instalada somente após o evento, que terá início daqui a 24 dias. As obras avaliadas em R$ 4 milhões devem ser feitas com recursos provenientes do Ministério do Turismo.

A justificativa apresentada pelo secretário de Turismo da capital, Marcus Fabrício, para a demora na realização dos certames é de que a burocracia exigida antes do lançamento do edital prejudicou. “Há muita burocracia na montagem dos projetos. O Museu do Rio, por exemplo, é tombado como patrimônio histórico pela Secretaria Estadual de Cultura e então temos que pedir autorização do governo para executar qualquer obra no local”, afirmou.

As outras duas licitações são para a execução de obras de acessibilidade em sete pontos turísticos de Cuiabá e para a compra de duas unidades móveis. Nos veículos, deverão funcionar os Centros de Atendimento ao Turista (CAT), os CATs móveis. Os processos licitatórios devem ser realizados nesta semana, conforme informou o órgão. “Para as obras de acessibilidade, é preciso uma licitação específica e isso tudo faz com que leve mais tempo”, argumentou o secretário.

Elevador do Palácio da Instrução deve ser consertado
(Foto: Assessoria/ Secretaria de Cultura – MT)

Rampas e elevadores devem ser instalados nos sete principais pontos turísticos da capital. Ao custo de R$ 1,5 milhão, também deverão ser feitas adaptações em banheiros do Parque Mãe Bonifácia e no Mercado Municipal. A previsão era de que as obras foram concluídas até abril, porém, até agora não foram se quer licitadas.

As obras devem facilitar o acesso de idosos e portadores de necessidades especiais ao Museu do Morro da Caixa d’Água Velha, ao Museu da Imagem e do Som (Misc), ao Museu do Rio, ao Mercado Municipal e ao Centro Geodésico da América do Sul, em frente à Câmara de Vereadores de Cuiabá, além do Palácio da Instrução e Parque Mãe Bonifácia.

Como não deve haver tempo hábil para a instalação de todas as placas de sinalização, alguns pontos devem ser priozados, entre eles o Museu da Caixa da D’água Velha, Museu do Rio, Aquário Municipal e Igreja do Rosário e São Benedito, que ficam localizados no Centro de Cuiabá e no Porto. “Não vão ficar 100% prontas para a Copa, vamos fazer de tudo, mas a empresa ainda terá 30 dias para entregar as placas”, pontuou Marcus Fabrício. G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*