Operação da Polícia Civil retira armas e munições de circulação em Espigão do Leste

ImageProxy (1)Uma operação da Polícia Judiciária Civil, desencadeada pela Delegacia de São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste) com apoio das delegacias dos municípios de Novo Santo Antonio (1.063 km a Nordeste), Luciara (1.166 km a Nordeste), Alto Boa Vista (1.059 km a Nordeste), Canabrava do Norte (1.215 km a Nordeste), Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste), aconteceu durante o final de semana, na região do distrito de Espigão do Leste. A operação tinha o objetivo de combater invasões de terras e reduzir o número excessivo de pessoas armadas na região.
A operação teve início após uma ocorrência de roubo, no final do mês de agosto, em que aproximadamente 08 pessoas, fortemente armadas, invadiram a sede de uma fazenda e rederem o caseiro e sua esposa e os submeteram a tortura física e psicológica mediante cárcere privado e grave ameaça.
Segundo o delegado de São Félix do Araguaia, Waner Batista Franco, entre os dias 02 e 04 de setembro, investigadores permaneceram no distrito de Espigão do Leste e na região de fazendas que sofrem com as ameaças da quadrilha, fazendo um mapeamento da real situação e dos principais suspeitos e pessoas que estariam de posse de armas de fogo na região da Vila Baianos.
A operação teve inicio na zona rural de Espigão do Leste, onde sete pessoas foram detidas por posse ilegal de arma de fogo. Entre os indiciados estava um senhor de 57 anos, que segundo as investigações seria um dos principais responsáveis pela distribuição de armas e munições na região. Com o acusado, foi encontrado uma espingarda de grosso calibre, um revólver e mais de 200 munições de variados calibre, entre eles calibre 12, 357 e 38, além de um silenciador.
Ainda em diligências na zona rural, os policiais apreenderam mais armas de fogo, munições, material para recargas de cartuchos e demais apetrechos.
Na Vila Baianos, os policias cumpriram dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Comarca de São Félix do Araguaia, com o intuito de apreender armas de fogo e produtos de origem ilícita. Em uma das residências, os policiais detiveram uma pessoa e aprenderam um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 28 e munições. Durante o cumprimento do outro mandado, os Investigadores apreenderam diversas munições de calibre 22.
Todos os detidos foram encaminhados Delegacia de São Félix do Araguaia, onde foram ouvidos pelo delegado Waner dos Santos, que lavrou os flagrantes.
O Delegado disse que o trabalho de investigação da equipe de São Félix do Araguaia foi essencial para localizar os suspeitos.”O local onde os suspeitos estavam residindo é de difícil acesso e por diversas vezes os policiais tiveram que deslocarem a pé dentro da mata fechada”, disse o delegado.

Responder

comment-avatar

*

*