Oportunidades de investimentos em MT atraem Grupo Japonês

O potencial econômico de Mato Grosso atrai os olhares do mundo. Na quarta-feira (20.03) o secretário de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), Alan Zanata, acompanhou no município de Sorriso, região Norte do Estado, uma missão do governo japonês para conhecer a realidade agrícola e industrial de Mato Grosso, com intenção de ampliar a compra de milho e firmar futuros investimentos. Na balança comercial, o Japão representa o segundo lugar no ranking de exportação de Mato Grosso, só no mês de fevereiro deste ano, o volume vendido para o país japonês foi de aproximadamente U$ 208 milhões.

A comitiva é composta pelo segundo-secretário da Embaixada do Japão, Kentaro Morita, pelo vice-cônsul do Japão em São Paulo, Satoshi Endo, pelo coordenador do Departamento de Pecuária do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca do Japão, Masahiro Isa e Akira Sano, assistente Departamento de Pecuária do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca do Japão.

A agenda no município de Sorriso inclui visitas às lavouras de milho irrigadas da região e também á frigoríficos de suínos e aves. Segundo Alan Zanata, a intenção do governo é ampliar a negociação de forma a agregar valor ao insumo. “Eles já compram um volume alto do grão. Como o objetivo dos japoneses é transformar o milho em ração para engorda de aves e suínos, estamos negociando a exportação do produto já industrializado”, reforça o secretário.

Na última terça-feira (19.03), a comitiva participou em Cuiabá de uma reunião com o deputado Estadual Mauro Savi e técnicos da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), onde foram apresentados os números da produção no Estado. “A colheita de milho em Mato Grosso no ano de 2012 foi de 15,5 milhões de toneladas, deste total, 15% é para atender o mercado interno e 85% é excedente, ou seja, temos produto de sobra para atender a demanda dos japoneses, explicou o secretário adjunto da Sicme, Valério Gouveia, lembrando que o objetivo é fechar negócio para exportar o produto já industrializado.

Zanatta reforça que o governo está trabalhando para atrair investidores e estreitar ainda mais a relação comercial com outros países. “Mato Grosso é o maior produtor de milho e soja do Brasil, além do maior rebanho bovino. Estamos trabalhando agora para fortalecer a industrialização da matéria prima. Ficamos felizes com a vinda do grupo japonês e temos certeza que vamos fechar bons negócios”, afirma.

Para o representante do Governo do Japão, Masahiro Isa, a visita foi importante para conhecer a realidade agrícola do Estado e assim abrir novas oportunidades de investimento. “ficamos impressionados com a extensão das plantações e tecnologia empregada nas lavouras, além da estrutura dos frigoríficos. Levaremos agora as informações ao governo japonês e também aos nossos produtores”, conclui.

Participaram da visita em Sorriso o prefeito Dilceu Rossatto, a presidente da Câmara Municipal, Marilda Savi, demais vereadores e secretários municipais. 24 Horas News

Responder

comment-avatar

*

*