Padrasto de menina morta com cinco tiros é preso armado em velório

Policiais militares de Rondonópolis prenderam em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo Renato Pereira de Souza, 19 anos, durante o velório de sua enteada a menina Kalyne Santos, 9 anos, executada com cinco tiros durante a madrugada de terça-feira (4), na cidade.

A prisão foi realizada na tarde de quinta-feira (6). De acordo com a Polícia, os tiros tinham como destinado Renato, mas atingiram a menina e a irmã dela, um bebê de um ano. O autor do crime foi identificado como o tio da criança, Diogo Oliveira.

De acordo com a Polícia Militar, a prisão foi efetuada depois do recebimento denúncias anônimas de que um homem estava em um velório e portava uma arma de fogo em uma bolsa, sendo que o mesmo estaria vestido de camiseta vermelha, boné preto e bermuda jeans.

Os policiais se deslocaram até o local para averiguar a denúncia ao chegar encontraram Luiz Renato sentado de costa para rua e ao fazer busca pessoal foi localizado com o mesmo um revólver calibre.38 marca Taurus com a seguinte numeração EIE 22350 com sinais de adulteração, carregado com seis (seis) munições do mesmo calibre intactas.

Luiz Renato confirmou aos policiais que a arma era de sua propriedade e que estava com a mesma para se proteger pois temia que o velório fosse invadido. Renato foi detido e encaminhado para Polícia Civil onde permanece preso.

Responder

comment-avatar

*

*