Padre Xavante diz que Cacique Damião foi ameaçado de Morte

O padre Xavante Aquilino Tsere’ubu’õ Tsirui’a disse que o Cacique Damião, principal líder da desintrusão da antiga Fazenda Suiá Missú, transformada em Reserva Indígena Maraiwtsédé, segundo o padre a ameaça aconteceu dia 08 de março em um comércio de Bom Jesus do Araguaia, quando o indígena fazia compras.

De acordo com a secretária da Prelazia de São Felix do Araguaia, o padre afirmou que o cacique foi ameaçado por um homem de nome de Jairo,  genro de um famoso pistoleiro conhecido por Aroeira que vivia no Posto da Mata. Jairo teria ameaçado o cacique alegando ser ele o responsável pela retirada dos não índios da antiga fazenda Suiá Missú, fazendo com que as pessoas fossem abandonadas.

O padre afirmou que Jairo disse que se tivesse uma arma de fogo mataria Damião ali mesmo no estabelecimento comercial. Na ocasião o motorista do cacique Arnaldo Wita’awe que estava dentro do carro nem percebeu o que estava acontecendo, porém os outros jovens guerreiros xavantes perceberam as ameaças e afastaram Jairo do cacique.

O padre Aquilino alertou as autoridades que os Xavantes da Aldeia Marãwtsédé estão sofrendo perseguição e risco de vida por parte de antigos moradores da Suiá Missú que residem em Alto Boa Vista e Bom Jesus do Araguaia. Agencia da Noticia

 

Responder

comment-avatar

*

*