Paranatinga: calcalheira doa 600 TON de rejeito para prefeitura de Paranatinga fazer operação tapa buraco no MT 130

Audiência Publica que acontecera hoje (15/04), abrirá o processo de privatização da MT 130 entre Paranatinga e Primavera do Leste, a prefeitura do município em parceria com a Calcalheira Emal deu inicio a recuperação de um trecho de 25 km da rodovia devido as péssimas condições.

A Emal doou 600 toneladas de rejeito e a prefeitura entrou com todas as demais infraestruturas necessárias com o apoio da Câmara de vereadores para fazer um tapa buraco no trecho mais crítico de toda a extensão da MT 130 entre os dois municípios.

O prefeito Vilson Pires disse ao Portal que hoje Paranatinga tem produção, mas não tem estradas para fazer o escoamento.

Ressaltou que atualmente a descrença das autoridades do município em relação ao governo de MT é enorme a ponto de buscarmos alternativas independente para arrumar uma rodovia estadual, sacrificando assim muitas vezes a infraestrutura municipal como estradas vicinais e urbanas que poderiam perfeitamente estarem sendo atendidas.

Destacou que são quatro ônibus que levam diariamente a Primavera os universitários do município que às vezes chegam atrasados na escola ou retornam de madrugada pela falta de trafegabilidade da MT e isso considera uma falta de  humanidade por isso junto com o Legislativo municipal estamos tomando as providencias.

Vilson desabafou pedindo piedade e caridade ao governador pelo povo de Paranatinga e pelo município que hoje já é um grande produtor.

Lembrou que Silval Barbosa deveria fazer igualmente fez Blairo Maggi um estradeiro pelo estado e verificar mais de perto os anseios dos prefeitos e da população.

Pires disse que foi prometido pelo governo através da Sinfra óleo diesel e já faz mais de 90 dias e nada chegou ao município enquanto isso ‘’ já arrumamos a MT 020 e agora também a MT 130’’.

Frisou ainda que o serviço é paliativo, pois são mais de 400 caminhões que trafegam diariamente pela rodovia e logo será preciso refazer essa operação.

O presidente da Câmara Municipal, Cleiton Rodrigues, disse que cansados de esperar pelas promessas governamentais e por serem o termômetro da sociedade estão dando todo o apoio  ao prefeito municipal nesta operação pois também somos sabedores de todas as dificuldades geradas para o município devido ao abandono em que encontra as rodovias estaduais que cortam o município. Estavam presentes os vereadores, Cleiton, Corí, Paulinho, W. Barros (representante), Natal e João Bosco dos Santos.

Natal Silvério disse que não estamos pedindo muito, apenas que o governo faça a parte dele no processo uma vez que os impostos continuam sendo pagos pela população e isso não deve se restringir apenas as rodovias, mas também á educação, saúde e etc.

O vice-prefeito Erotides disse que os recursos do Fethab foram deslocados de um setor para o outro e perdeu a sua principal finalidade que era de melhorar a infraestrutura de mato grosso e isso precisa urgentemente ser revisto pela Assembleia Legislativa de MT, haja vista que segundo informações 70% do Fethab esta indo para a Copa. Paranatinga News

Responder

comment-avatar

*

*