Paranatinga: governo do estado quer pedagiar MT 130 que liga Paranatinga a Primavera do Leste

Nesta 4ª Feira (27) esteve em Paranatinga o  coordenador de Planejamento de Programas Especiais da Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana de Mato Grosso (Setpu/MT), Cézar Augusto Ribas, para marcar uma Audiência Publica que será realizada no dia 15 de Abril na Câmara Municipal para discutir com a sociedade e autoridades de Paranatinga a viabilização de pedagiar a MT 130 que liga Primavera do Leste a Paranatinga.

Segundo Ribas em reportagem especial ao Paranatinga News, o governo de MT não esta inventando a roda pois já existem seis praças de pedágio em MT aonde se paga um valor por veiculo ou eixo a exemplo de Primavera a Rondonópolis e além disso o modelo é adotado na exterior e também esta sendo implantado em todo o território nacional.

Ribas diz que o governo já fez um levantamento das condições técnicas, econômico, financeiro e social de algumas rodovias e Primavera a Rondonópolis, por exemplo, já esta em pleno funcionamento.

A Audiência Pública servirá para tratar da concessão da MT 130 para que a mesma seja pedagiada e o estado vem através dessa Audiência justamente  ouvir a sociedade sobre a viabilização deste projeto.

Cézar diz que o estado esta tentando se aproximar da sociedade e contribuintes  através da audiências onde todos poderão emitir a sua opinião e reconheceu as dificuldades que o estado tem encontrado para estender a malha e também dar a manutenção necessária e a concessão é um modelo em prática no estado e país e tendo dado resultados positivos e por isso o governo também quer fazer acontecer com o trecho ente Paranatinga a Primavera.

Enfatizou que Mato Grosso não pode fugir desse modelo, pois vai atender as necessidades do município e região com mais qualidade e segurança para todos.

A Audiência acontecera no dia 15 de Abril no plenário da câmara municipal e o horário ainda será estabelecido e amplamente divulgado para que todos os interessados em participar da audiência possa ter o acesso à mesma.

A Pauta da Audiência tratará de assuntos ligados aos benefícios ou não que o pedágio trará para o município com a concessão e a participação de todos será importante, pois poderão expor as suas opiniões quanto ao projeto para que o estado também possa melhorar no futuro o edital caso a concessão seja liberada.

Cézar Ribas disse que volta ao município nos próximos dias para oficializar convites ás autoridades do município e também estender o convite para a sociedade.

Conforme Ribas, questões sociais e econômicas serão analisadas, como a capacidade de expansão no plantio e a necessidade de transporte na região.

No modelo de concessão firmado com a Morro da Mesa não há investimento público, diferente dos outros pedágios existentes no Estado, que foram concebidos a partir de parcerias entre o governo e agricultores por meio dos consórcios rodoviários.

Após a recuperação do pavimento, as associações de produtores puderam criar empresas para administrar e fazer a manutenção dos respectivos trechos. Paranatinga News

Responder

comment-avatar

*

*