Parte de obra de trincheira da Copa desaba durante chuva em Cuiabá

Secopa informou que muro tinha sido recém-construído quando cedeu.
Empresa responsável pela execução da obra deve refazer parte que caiu.

Muro de obra da Copa caiu após chuva intensa no final de semana (Foto: Ianara Garcia/ TVCA)

Parte da estrutura de uma trincheira que faz parte do Complexo Viário do Tijucal, em Cuiabá, desabou neste final de semana. Segundo a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), o incidente ocorreu devido à forte chuva que caiu na capital e, além disso, a situação se agravou pelo fato de o concreto ter sido recém-colocado. A trincheira faz parte do conjunto de obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo, na capital.

A Secopa informou que no final de semana os operários levantaram uma parede de concreto, mas não atirantaram – termo usado para definir a colocação de ferros para dar suporte à estrutura – essa estrutura porque estava chovendo muito. Eles aguardavam a chuva dar trégua e também esperavam que o concreto secasse para então instalar o ferro. Porém, antes disso, a estrutura caiu.

Contudo, de acordo com a Secopa, a data de conclusão da obra não deve ser adiada por conta desse incidente. A previsão é que o complexo seja entregue à população e liberado para o trânsito de veículos no mês de maio, a um mês do início dos jogos da Copa. Além disso, a pasta garante que não houve dano à estrutura da obra, somente terá de ser refeita pela empresa responsável pela obra.

Porém, está prevista para o próximo mês a liberação de parte da trincheira para o tráfego de veículos. A execução da obra apresenta atrasos. A inauguração estava programada para janeiro deste ano, o que não ocorreu.

A trincheira terá 740 metros de extensão, entre a BR-364 e a Avenida Arquimedes Pereira Lima, mais conhecida como Avenida do Moinho. O viaduto, de 520 metros de extensão, fará a ligação da BR-364, passando por cima do trevo de acesso do Bairro Tijucal até a Avenida Fernando Corrêa da Costa.G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*