Pelo menos 34 ex-prefeitos querem voltar ao poder; saiba quem são eles

Pelo menos 34 ex-prefeitos se preparam para nova disputa e, em quase todos os casos, o confronto será com os gestores atuais. Alguns foram prefeitos por 8 anos. Em Rondonópolis, Chapada dos Guimarães e Diamantino há mais ingredientes, com 2 ex-chefes de executivo no páreo, o que amplia as possibilidades de se ter campanhas marcadas por comparativos de administração. No geral, mais de 400 devem concorrer às 141 prefeituras mato-grossenses. Quase todos estão em pré-campanha.

Em grupos separados, Percival Muniz (PPS) e Rogério Salles (PSDB) tentam formar frentes de oposição em Rondonópolis. O primeiro foi prefeito duas vezes, enquanto Salles administrou o município por dois anos. Em Chapada dos Guimarães, os ex-prefeitos Gilberto de Mello e Osmar Fronner prometem, em campos opostos, dar trabalho ao prefeito Flávio Daltro.

A situação é igual em Diamantino, com as pré-candidaturas dos ex-gestores Erival Capistrano e Chico Mendes. Otaviano Pivetta (PDT), embora venha postergando a decisão, deve concorrer em Lucas do Rio Verde, onde foi prefeito por 8 anos. Se desistir, lançar o velho aliado Marco Pandoff, do mesmo PDT.

Dilceu Rossato quer voltar ao comando de Sorriso, assim como Érico Piana em Primavera do Leste, Adriano Pivetta (Nova Mutum), Maia Neto (Alto Araguaia), Júnior Pitucha (Alto Garças) e Valdizete Nogueira (Jaciara).

Na região da Baixada Cuiabana, os ex-prefeitos que são pré-candidatos são Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (Nossa Senhora do Livramento), Euclides Santos (Poconé), Zeno Gonçalves (Rosário Oeste) e Élvio de Oliveira (Acorizal) e, um tanto timidamente, Roberto França, em Cuiabá.

Em Comodoro, se articula de olho na prefeitura o ex-gestor Aldir Bal Marques Moraes. Hilton Campos, mesmo considerado inelegível, também se movimenta para concorrer em Juína. Também estão no lista de ex-prefeitos que são pré-candidatos Agostinho Carvalho Telles (Aripuanã), Pedro de Alcântara, o Porta Aberta (Paranaíta), Silda Kochenborg (Apiacás), Valter Miotto, o Valtinho (Matupá), Zé Humberto (Guarantã do Norte), Robson Pazetto (Nova Xavantina), Ueslei Gomes (São Félix do Araguaia), Carlos Nascimento (Paranatinga), Aldir Schineider (Sapezal), Jesur José Cassol (Campo Novo do Parecis), Rogério Riva (Tabaporá), Oscar Bezerra (Juara) e Rivelino Trevisan (Porto dos Gaúchos).

rdnews via topnews

Responder

comment-avatar

*

*