Período de piracema em MT não é totalmente respeitado por pescadores

Mesmo em época de piracema, o rio Cuiabá é alvo frequente de pescadores que não respeitam o período de desova dos peixes. Durante as fiscalizações da Secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema – MT) redes, tarrafas e até mesmo armas são capturadas, porém poucos indivíduos são presos.

O motivo, diz o coordenador de Fiscalização de Pesca da Sema-MT, Julio Reiner, é a estratégia utilizada pelos infratores. “Eles têm um sistema de comunicação.Ficam pessoas com telefones celulares em vários pontos estratégicos do rio. Quando a gente passa pelos ‘vigias’ [dos pescadores] eles já entram em contato”, explica.

Estima-se que desde o início do período de defeso, em 1º de novembro de 2013, cerca de 10 mil quilos de pescado tenham sido apreendidos. Desses, metade foram localizados na Capital. Embora prender os infratores seja uma tarefa difícil, o representante da Sema-MT se diz contente com o resultado. “Tirando esse material já é satisfatório porque deixam de ser capturados muitos peixes com esses apetrechos proibidos”.

O período de defeso da piracema vai até 29 de fevereiro deste ano. Até essa data cada pescador só pode pegar três quilos de peixe por dia. Para realizar denúncias a Sema disponibiliza o telefone de sua Ouvidoria Setorial que é o 0800 65 3838

Fonte: G1MT

Responder

comment-avatar

*

*