PM de Barra e Aragarças realizam operação em conjunto

foto 7

foto 6

Em uma operação conjunta entre a polícia militar de Barra do Garças- MT e Aragarças-GO, na tarde de quarta- feira(23), foram presas 4 pessoas. Dentre elas, três menores e um suspeito de praticar roubo de uma TV LCD em Barra do Garças. O suspeito de cometer o roubo foi preso em uma lanchonete na cidade de Aragarças, na Avenida Ministro João Alberto. Com ele ainda foi encontrado um cachimbo usado para o consumo de entorpecentes e uma faca. A ação reuniu Força Tática, GrupoCar e outros policiais de Barra do Garças sob o comando do tenente Itamar e polícias militares de Aragarças sob o comando do tenente Giovane.

A operação começou depois que o dono do Pregão Iza, no centro de Barra do Garças, notou a falta do televisor em seu estabelecimento e acionou a polícia. Segundo informações da polícia, o suspeito levou o televisor para Aragarças, através de um mototaxista. O moto-taxista levou o suspeito inocentemente sem ter conhecimento do fato. Ao ser indagado, deu as características do autor ficando fácil a sua identificação.

Em posse das informações a polícia militar de Barra acionou a PM de Aragarças, que juntas se dirigiram em busca do suspeito. Depois de prendê-lo, precisavam encontrar a televisão, o que levou os militares até um bar na rua 2, mais conhecido como Bar da Curva, onde ,segundo o tenente Giovane de Aragarças, é costumeiro o movimento de pessoas desocupadas fazendo o uso de bebidas alcoólicas.Nesse ínterim foram encontrados menores no local e por isso ambos foram detidos.

Os policiais se dirigiram ainda a uma casa na Rua Serafina no Bairro Bela Vista. O ponto já é carta marcada, por ser um ponto monitorado pela polícia. O local já foi palco de outras ocorrências de tráfico de drogas. Os policiais entraram na residência no intuito de encontrar o televisor, mas sem sucesso. Segundo informações do tenente Itamar da polícia militar de Barra do Garças o suspeito nega ter feito o roubo no entanto todas as características passadas batem com o mesmo que deve permanecer preso para maiores averiguações e entregue a polícia Civil.

Escrito por Chocolate.

Responder

comment-avatar

*

*