Polícia Civil apreende 500 litros de agrotóxicos com suspeita de adulteração

Polícia Civil apreende 500 litros de agrotóxicos com suspeita de adulteração

DSC01268
Mais de 500 litros agrotóxicos com suspeita de adulteração foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil em Sorriso (450 km ao Norte), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão solicitado pela Delegacia de Polícia do município de Tabaporã (643 km a Médio-Norte de Cuiabá), que investiga a venda do produto falsificado para produtores da região.
Os produtos avaliados em 1 milhão de reais foram encontrados na empresa Agroculturas Comércio e Representações Ltda, que comercializa insumos agrícolas na cidade de Sorriso.
Na empresa, os policiais apreenderam 235 litros de um produto chamado “Priori Xtra”, restante de um lote que já havia sido periciado e constatado a adulteração. Foram localizados também outros produtos armazenados no mesmo depósito.
O delegado de Tabaporã, Claudemir Ribeiro de Souza, disse que exemplares de cada um dos produtos foram recolhidos e serão encaminhados à perícia, a fim de descobrir se são adulterados ou não. Foram mais de vinte e dois produtos diferentes apreendidos pelos investigadores, avaliados em cerca de R$ 1 milhão de reais.
Segundo a Polícia Civil, a filial da empresa localizada na cidade de Porto dos Gaúchos (663 km a Médio-Norte da Capital), também foi alvo de busca e apreensão. Na sede, os investigadores comandados pelo delegado de polícia André Barbosa, apreenderam mais de 8 litros de do produto “Trinca Caps”, e mais de 5 litros de líquido chamado “Belti”, que fazem parte de um lote adulterado que já havia sido apreendido no mês de fevereiro deste ano. Diversos documentos referentes à compra e venda dos produtos da empresa também serão analisados.
Os representantes da empresa Agroculturas foram intimados para restar esclarecimentos e se propuseram a colaborar com as investigações.
Participaram da investigação o delegado de Tabaporã, Claudemir Ribeiro de Souza e o investigador Wisno Chelmo Ribeiro de Lima, com apoio dos policiais civis Jose Maria e Sebastião Alves lotados na Delegacia de Polícia de Sorriso.
Assessoria de Comunicação Social/PJC

Responder

comment-avatar

*

*