Polícia Civil de São Félix do Araguaia prende homem acusado de estuprar enteada de 10 anos de idade

Polícia Civil de São Félix do Araguaia prende homem acusado de estuprar enteada de 10 anos de idade

A Polícia Judiciária Civil do município São Félix do Araguaia, em conjunto com a Polícia Militar, prendeu na noite de sábado, (08), José Domildo Siqueira, de 50 anos de idade, acusado de estuprar, sua enteada, de apenas 10 anos de idade, além de cometer atos libidinosos, com outra enteada de apenas 04 anos de idade.

Segundo o Delegado de São Félix do Araguaia Waner dos Santos o mesmo recebeu uma ligação sábado, informando que a mãe das duas menores, estaria no hospital municipal de São Félix do Araguaia com uma de suas filhas, maiores de idade, para tratamento de saúde, sendo que deixou suas outras duas filhas com seu companheiro, José Domildo.

Ainda segundo a mãe das crianças, nesse tempo, Jose Domildo teria cometido o ato sexual contra sua enteada, sendo que é menor de idade, onde segundo a própria menina, enquanto sua mãe estava no hospital com sua irmã mais velha, Jose Domildo teria cometido diversos atos sexuais contra ela, no interior de sua residência.

A criança relata que após o abuso, saiu de sua casa e foi para a casa de uma vizinha, a qual a menor contou o que havia acontecido, dizendo que estava com muitas dores. Que de imediato, sua vizinha acionou o Conselho Tutelar de São Félix do Araguaia, onde constataram a veracidade dos fatos e ligaram diretamente para o Delegado Waner dos Santos.

Ao tomar conhecimento do fato, o Delegado Waner, juntamente com os Investigadores e com o auxílio da Polícia Militar, devido ao estado de flagrante deslocou para a casa onde se encontravam José Domildo.

Ao entrarem na residência para efetuarem a prisão do mesmo, se depararam com o criminoso deitado com a sua outra enteada, de apenas 04 anos de idade.

De imediato foi dada voz de prisão para o mesmo, onde foi confeccionado o auto de prisão em flagrante e o mesmo encaminhado para a Cadeia Pública Municipal, ficando à disposição da Justiça.

O Delegado Waner relatou que devido à agressividade do ato praticado, a menor de 10 anos, se encontra internada no Hospital Municipal e a outra menor de idade se encontra na Casa de Amparo do Menor para apoio psicológico. Via Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*