Polícia civil esclarece crimes de arrombamento de relojoaria e loja de caça/pesca em Água Boa

Policiais civis prenderam em Confresa durante a noite de segunda-feira 25 de agosto, o casal Jhones Marcelo Barbosa de Oliveira, 23 anos e Cátia da Cunha Sonccini, 20 anos. Eles confessaram terem furtados dois comércios em Água Boa, sendo a Relojoaria Brilhante e a Garça Pesca. Um terceiro elemento que poderá chamar Manoel conhecido como “Chico Manco” de 40 anos conseguiu se evadir certamente com sua parte dos objetos oriundo dos furtos.

A investigação partiu da delegacia de Água Boa, mas teve a colaboração da polícia de Canarana, Ribeirão Cascalheira, Porto Alegre do Norte, Confresa e Vila Rica. Os policiais conseguiram recuperar parte das joias, perfumes e armas furtadas. As investigações sob o comando do Chefe de Operações Luciano Batista juntamente com os policiais civis de Canarana descobriram que dois relógios objetos do furto haviam sido comercializados em Canarana e daí seguiu as investigações até chegar aos criminosos em um hotel de Confresa onde estava parte das joias apreendidas. As armas foram encontradas escondidas no meio do mato a cerca de 30 km da cidade.

A delegada Dra. Luciana Canaverde que comandou toda a operação representou pela prisão preventiva dos acusados o que foi indeferido pelo judiciário de Água Boa, impossibilitando a transferência dos mesmos para a delegacia local e prosseguirem com as investigações. “Os policiais trabalharam incansavelmente. Ficaram muitas noites sem dormir para chegarem até aos criminosos, mas infelizmente não conseguimos a preventiva (prisão) e se encontrássemos o que ainda está foragido não tínhamos como prendê-lo” disse ela ao Água Boa News. A delegada então requereu depois a prisão provisória, que até às 16h não havia sido apreciado pela justiça.

O acusado Jhones tem contra si mandado prisão da comarca de Vila Rica.

O bando é residente em Vila Rica e já são conhecidos da polícia com várias passagens e poderá ser os autores de arrombamentos e assaltos praticados na região Norte Araguaia.

Em um dos arrombamentos em uma loja de Confresa deixaram o proprietário falido, praticamente sem nada, pois levaram todos os celulares de maior valor.

Em Água Boa os investigados confessaram que, usando um veículo Chevrolet Astra, ia passando e escolhia o alvo ao ver mercadorias que lhes interessavam, aí o casal adentravam à loja com desculpa que interessava comprar um objeto e analisava as questões de segurança e forro, depois logo mais a noite, a Cátia ficava de olheira, enquanto Jhones auxiliava a entrada do “Chico Manco” no estabelecimento e na retirada das mercadorias do interior das lojas.

Um vídeo (abaixo) foi encontrado pela polícia com Jhones onde ele conversava com “Chico Manco”: “Bora fazer dinheiro”:

Está presa Cátia da Cunha Sonccini – 20 anos

Foragido “Chico Manco”

Veículo Chevrolet Astra usado pelos criminosos

Escrito por Kassu/Água Boa News

Responder

comment-avatar

*

*