Polícia Civil indicia autor de duplo homicídio em Canarana

O suspeito de ter matado mãe e filho, na madrugada desta quarta-feira (27.12), no município de Canarana (823 km ao Leste de Cuiabá), foi autuado em flagrante pela Polícia Judiciária Civil (PJC-MT). Thiago Silva Pereira, de 28 anos, foi preso por duplo homicídio qualificado.

O crime ocorreu na propriedade rural Fazenda Rio Bonito, situada a 90 km do centro de Canarana. Há cerca de uma semana, a proprietária Wilma Morais Ferreira dos Santos, de 64 anos, havia contratado Thiago para trabalhar no local, para exercer a função de serviços gerais de manutenção e limpeza de gado.

No entanto, a vítima e seu filho, Edvaldo Ferreira Santos, de 48 anos, foram encontrados em seus respectivos quartos, sem vida, atingidos por vários disparos de arma de fogo.

Após cometer o duplo homicídio, o jovem empreendeu fuga na caminhonete S10 da família, levando na mala aparelhos celulares e talões de cheque. Com ele também foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma delas uma pistola calibre 380 registrada em nome da vítima, além de munições e carregadores.

O suspeito capotou o veículo depois de ter percorrido 40 km, na BR-158. Na ocasião, o mesmo foi socorrido pelas pessoas que viram o acidente, e durante a ajuda avistaram as armas de fogo dentro da caminhonete S10.

Com medo de represália por parte das testemunhas, Thiago se apresentou à Delegacia de Polícia, contando inicialmente uma versão confusa, de que a fazenda havia sido assaltada. Porém, depois de certo tempo ele assumiu ter matado mãe e filho.

Diante dos relatos, Thiago foi preso em flagrante pelo crime de duplo homicídio qualificado. Entretanto, as investigações continuam para apurar a hipótese de duplo latrocínio.

Assessoria | PJC-MT

Responder

comment-avatar

*

*