Polícia Civil prende 3 por provocar incêndio em alojamento de Usina em Paranaíta

Assessoria PJC/MT

Três homens foram presos pela Delegacia de Polícia do município de Paranaíta (851 km ao Norte), da Polícia Judiciária Civil, na manha desta terça-feira (10.06). Os suspeitos, Edson Vieira Verde, 22, Anacleto Antonio Rosa de Lara, 20, e José Rodrigues dos Santos, 28, estavam com as prisões preventiva, decretado pelo crime de tentativa de homicídio.

De acordo com o delegado de polícia, Carlos Frederico Régis de Campos, os três presos são acusados de incêndio no alojamento da empresa Consorcio Engetuc, responsável pela construção da usina na região. O incêndio foi provocado no dia 23 de maio.

O fogo atingiu a saída do alojamento quando 80 funcionários dormiam.  Houve a destruição total do alojamento e dos pertences pessoais dos trabalhadores, que conseguiram escapar com vida.

Segundo informações apurada pelos investigadores, depois de cometer o delito, os envolvidos continuaram afirmando que iriam repetir a conduta criminosa, para queimar o que havia sobrado do alojamento e da sede administrativa da empresa Consórcio, caso seus pleitos trabalhistas não fossem atendidos.

Com os indícios de autoria, a Delegacia de Polícia representou pela prisão preventiva dos três acusados, deferida pela Justiça local.

 Após o cumprimento da ordem judicial, Edson, Antonio e José Rodrigues, foram encaminhados a Cadeia Pública do município de Alta Floresta, à disposição do Poder Judiciário.

Responder

comment-avatar

*

*