Polícia Civil prende acusados de furto de gado

ATUALIZADA – 6ª FEIRA – A Polícia Civil de Água Boa conseguiu prender na madrugada de ontem, 4 suspeitos de terem participado de roubo de gado em uma fazenda na região do bar do Carlinhos, no PA Jaraguá. Um caminhão gaiola Mercedes Benz placas de Barra do Garças, conduzido por Divino Antonio de Araújo, 60 anos, foi interceptado pelos policiais civis na MT-414, perto do entroncamento com a MT-240, interior do município, por volta das 3hs da madrugada. No caminhão gaiola, os policiais encontraram 19 cabeças de gado de 2 anos, avaliadas em cerca de R$ 24 mil, pertencentes a Claucir Lower. O gado tinha sido furtado durante a noite. Os policiais estavam há meses investigando essa quadrilha. Três suspeitos que estavam em uma caminhonete Ranger conseguiram furar o bloqueio dos policiais e fugiram para Barra do Garças. A Polícia Civil de Barra do Garças, através do investigador Edsinomar e equipe, conseguiu prendeu os três suspeitos na entrada daquela cidade. Nelson Souza da Silva, 31 anos, Wenderson Pereira ‘Janio’ Brito, 28 anos, e Alcione Vieira Brito, 23 anos, foram conduzidos ontem à tarde para a Delegacia de Polícia de Água Boa. Os 4 foram indiciados por furto de gado e associação criminosa. Nessa investigação, a polícia civil de Água Boa contou com apoio dos policiais civis de Canarana, Nova Xavantina e de Barra do Garças. O mesmo fazendeiro, Claucir Lower, disse aos policiais que há dois meses alguém já tinha furtado de sua propriedade outras 40 cabeças de gado.

ÁGUA BOA – Dos 4 suspeitos de furto de gado, dois confessaram o crime. O caminhoneiro Divino Antonio de Araújo, 60 anos, confessou que teria participado do furto do gado em uma fazenda na região do PA Jaraguá. Ele foi preso em flagrante transportando o gado furtado. Wenderson Pereira Brito, 28 anos, também confessou participação no fato. Nelson Souza da Silva, 31 anos, negou participação no crime. Já o outro suspeito, Alcione Vieira Brito, 23 anos, manteve-se calado perante a delegada de polícia, Luciana Canaverde. Mesmo assim, os 4 foram encaminhados para a Penitenciária Regional Major Zuzi, onde ficarão à disposição da justiça.

ÁGUA BOA – A Polícia Civil de Água Boa conseguiu prender na madrugada de hoje, 4 suspeitos de terem participado de roubo de gado em uma fazenda na região do bar do Carlinhos, no PA Jaraguá. Um caminhão gaiola Mercedes Benz placas de Barra do Garças, foi interceptado pelos policiais civis na MT-414, perto do entroncamento com a MT-240, interior do município, por volta das 3hs da madrugada. No caminhão gaiola, os policiais encontraram 19 cabeças de gado de 2 anos, avaliadas em cerca de R$ 24 mil. O gado pertencente a Claucir Lower. O gado tinha sido furtado durante a noite. Os policiais estavam há meses investigando essa quadrilha até chegar à sua prisão. Porém, 3 dos suspeitos que estavam em uma caminhonete Ranger conseguiram furar o bloqueio dos policiais e fugiram rumo a Barra do Garças. A Polícia Civil de Barra do Garças, através do investigador Edsinomar, deu apoio e prendeu os três suspeitos na entrada daquela cidade. Eles foram presos e conduzidos esta tarde para a Delegacia de Polícia local. Os 4 serão indiciados por furto de gado e associação criminosa. O mesmo fazendeiro, Claucir Lower, disse aos policiais que há dois meses, alguém já tinha furtado de sua propriedade outras 40 cabeças de gado. Nessa investigação, a polícia civil de Água Boa contou com apoio dos policiais civis de Canarana, Nova Xavantina e de Barra do Garças. Mais detalhes serão divulgados nesta 6ª feira pela delegada Luciana Canaverde.

Divino Antonio de Araújo

 Escrito por Inácio Roberto, Interativa fm

Responder

comment-avatar

*

*