POLÍCIA CIVIL PRENDE AUTOR DE ASSASSINATO OCORRIDO EM NOVA XAVANTINA

 

 

A Polícia Civil prendeu  em Barra do Garças, Fernando Souza Silva, de 28 anos, acusado de matar a tiros o vigilante Osvaldo Rosa Milhomem, 42. Ele foi preso dentro da Agência da Caixa Econômica Federal ao tentar sacar uma parcela do seguro-desemprego.

Segundo o delegado Adilson Gonçalves, Fernando estava foragido desde a prática do crime, ocorrido em 15 de dezembro do ano passado, na Mineradora Caraíba, na cidade de Nova Xavantina, onde acusado e vítima trabalhavam. Osvaldo foi morto com três disparos de revólver, arma que pertencia à empresa.

De acordo com o delegado, o acusado confessou a autoria do homicídio. Segundo ele, a motivação do crime teria sido um suposto estupro praticado pelo colega, mas acabou confessando que o alvo era o revólver calibre 38 em poder da vítima. No depoimento, Fernando relatou que usou uma faca para render Osvaldo.

“Ele afirma ter tomado a arma e levado Osvaldo a um local próximo a mineradora, onde desferiu três tiros na sua cabeça”, disse Adilson, revelando que Fernando permaneceu escondido em Nova Xavantina e resolveu vir à Barra do Garças para sacar o seguro desemprego.

O crime aconteceu em meados de dezembro e foi cercado de mistério, uma vez que Osnaldo simplesmente havia desaparecido e permanecido por três dias. Mesmo sem delegado na cidade, os policiais Gervásio, Wilton Kisney e as policias Vanda e Marilene, investigaram o crime e conseguiram chegar ao autor.

NotíciasNX com Redação Canarana News

Responder

comment-avatar

*

*