Polícia Civil prende investigado por homicídio

CANARANA – Em novembro de 2017 o jovem Neuzito Santos Barbosa foi assassinado e seu corpo jogado em uma vala no bairro Morada do Sol. Um crime sem testemunhas consumado na madrugada do dia 26/11. A perícia técnica se fez presente e o laudo de local de crime constatou que a vítima foi executada com um tiro na cabeça à queima roupa.

Para a Polícia Civil, o crime se transformou num quebra cabeça desafiador. Havia um rol de suspeitos grande, já que a vítima era usuário de drogas e tinha o hábito de frequentar pontos de venda de entorpecentes. Mas, com empenho e profissionalismo, a equipe da Polícia Civil de Canarana, usando de diversos recursos investigativos, chegou aos nomes de dois indivíduos como autores do homicídio.

Um deles, Thelis Dheniffe Rodrigues da Silva, teve a prisão preventiva cumprida na sexta-feira (23/02) em uma residência no bairro Jardim Tropical. Para a Polícia Civil, o caso estará concluído apenas com a prisão do segundo indivíduo, que se trata de Marcos Aurélio, que se encontra foragido em lugar incerto. A Polícia Civil pede a quem possuir qualquer informação que leve a prisão de Marcos Aurélio que informe no telefone 3478-1360.

Neuzito Santos Barbosa foi vítima de uma emboscada preparada para dar fim à sua vida. A Polícia Civil não descarta envolvimento de membros do Comando Vermelho como mandantes do crime. A Polícia Civil realiza constantes monitoramentos sempre com o objetivo de manter bancos de dados atualizados sobre a facção criminosa. Mais um crime desvendado.

jopioneiro

Responder

comment-avatar

*

*