Polícia Civil prende quatro por furto de materiais das obras da Arena Pantanal

Quatro pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (25.10), por tentativa de furto de materiais das obras da Arena Pantanal, no bairro Verdão, em Cuiabá. A prisão aconteceu após a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) receber a denúncia da ação dos assaltantes.

Foram presos Cleuson Rodrigues do Nascimento, 35,Rider Jorge da Silva, 36, Rodrigo da Silva Cruz, 28, e Roniney da Silva, 22. Os quatro tentavam furtar  fios de cobre das obras da Arena, quando foram flagrados por policiais da Especializada em um veículo Fiat Strada e um Gol com os cabos de cobre. Todos foram autuados por tentativa de furto qualificado.

Para efetuar as prisões, a equipe de investigadores da Derf montou campana próximo à obra e logo avistou o primeiro suspeito em uma pickup Strada estacionando no local e abastecendo o veículo com fios de cobre. O acusado foi abordado e conduzido à delegacia.

Os policiais mantiveram o monitoramento da região e em seguida um veículo Gol com dois suspeitos chegou ao local e começou a ser abastecido por uma terceira pessoa que estava escondido na obra. Os três acusados foram encaminhados a Derf.

Os suspeitos Cleuson, Rider e Rodrigo, eram trabalhadores das obras da Arena Pantanal. Cleuson Rodrigues, também conhecido por “Quinho”, possui oito passagens por roubo qualificado praticado em empresas, residências e caixas eletrônicos. Ele já teve três mandados de prisão cumpridos e estava com uma ordem de prisão em aberta. O suspeito Rider Jorge da Silva tem passagens por homicídio qualificado e Roniney da Silva antecedentes por crime de receptação.

Em depoimento, o condutor da pickup, Roniney alegou que comprou o material de uma pessoa que ele não soube identificar. O suspeito, Rodrigo, que conduzia o Gol  disse que recebeu uma ligação de um dos trabalhadores da obra para ir buscar o material no local.

Todos foram encaminhados ao Centro Ressocialização de Cuiabá.

Assessoria de Comunicação Social/PJC

Responder

comment-avatar

*

*