Polícia Civil prende tio por estupro da sobrinha e procura por segundo abusador

A Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), da Polícia Judiciária Civil, prendeu um jovem de 22 anos, acusado de estuprar a sobrinha de 14 anos, que acabou grávida.

O suspeito Júlio Iglesias Martins Santana, 22, foi preso nesta semana, em Cuiabá, após a Polícia Civil instaurar inquérito policial em setembro deste ano. O tio era vizinho da vítima e aproveitava quando a garota saia para ir à escola para estupra-la em um matagal no caminho.

A denúncia chegou à Deddica por meio da mãe da adolescente, que descobriu que a filha estava grávida. Na Delegacia, a menina relatou que o tio a ‘pegava’ a força, sempre que saia de casa, para ir ao mercado ou escola. A menina disse que o suspeito a estuprava desde o começo do ano de 2012.

Além do tio, a vítima ainda sofria abuso sexual de Gilvan Gomes dos Santos, 42 anos, ex-cunhado do pai da vítima. O suspeito, que é amigo de Julio Iglesias, também está com prisão preventiva decretada por igualmente molestar sexualmente a garota, usando de ameaças de morte contra ela e a família.

Em depoimento, o pai da adolescente contou que acolheu dentro da própria casa Gilvan, depois que ele brigou com a família. Conforme o pai da vítima, Gilvan morou com a família por cerca de um ano e não desconfiava que Gilvan e Julio abusavam da filha. Um mês antes da família descobrir a gravidez da filha, Gilvan abandou a residência.

Gilvan está foragido e tem passagens por homicídio e tentativa de homicídio,  praticados em 2001 e 2011, ambos em Cuiabá.

A adolescente está com dois meses de gestação e não sabe informar qual dos agressores é o pai da criança. A Polícia Civil realiza buscas para localizar o foragido.

Assessoria de Comunicação

Responder

comment-avatar

*

*