Polícia Civil prende traficante que movimentava quase 30 mil reais em drogas por mês

CANARANA – Janeiro será um mês negro para aqueles que utilizam o tráfico de drogas como meio de vida. A Operação Carga Máxima implantada desde o dia 14, por determinação da Diretoria Geral Da Polícia Civil, visa como objetivo a repressão com intensidade e direcionamento ao crime de tráfico de entorpecentes que acontece no interior do estado.

Na quinta-feira, dia 21, foi a vez de José Ilton ser cobrado pela justiça pelos crimes que vinha cometendo nesta cidade. José Ilton, vulgo Baixinho, já respondeu pelo crime de Tráfico em Nova Xavantina e há 4 meses resolveu se aventurar em Canarana. As investigações indicam que o traficante movimentava em média 500 porções de crack por mês e que participava de uma célula criminosa que atua em todo Vale do Araguaia, colocando-o assim em outro patamar de traficante.

Baixinho era bastante conhecido por instigar os dependentes químicos a efetuarem furtos na comunidade para satisfazerem seu vício pelo crack. Resultado disso é que no mesmo dia da prisão foi encontrado em sua residência uma máquina de lavar nova que o usuário confessou ter efetuado o furto em troca de 2 porções de droga.

José Ilton foi preso pelos investigadores Luis Conrado e Valdivino Vital em flagrante enquanto vendia o entorpecente e responderá pelo crime de Tráfico de Drogas, podendo ficar até 15 anos cumprindo pena.

Responder

comment-avatar

*

*