Polícia Federal decide hoje se entra em greve antes da Copa do Mundo

A Polícia Federal decide hoje, no começo da tarde, se paralisa as atividades antes dos jogos da Copa do Mundo. Em assembleia os policiais irão deliberar pela adesão ou não a um calendário de protestos nacionalmente estabelecido  para o primeiro semestre de 2014. Os policiais cobram a reestruturação da carreira, reconhecimento do cargo de investigador como nível superior, além de melhorias para o exercício das atividades policiais.

Hoje, o salário inicial de um agente em início de carreira é de R$ 7,5 mil e a reivindicação é a de que para a  categoria sejam adotados o mesmos critérios salariais das funcionários das Agência Brasileira de Informações (ABIm) ou da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O valor inicial da carreira é de cerca de R$ 12 mil.

“A exigência quando realizados os concursos  é para nível superior, mas o pagamento não acompanha. Desde 96 temos essa reinvindicação. Somos a única polícia que possui um círculo completo, somos judiciária e ostensiva e,  contamos, apenas, com um efetivo de cerca de 150 investigadores para todo o Estado de Mato Grosso”, lamenta o presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso, Erlon Brandão.

Ele ainda reclama que da falta de estrutura e de investimentos na área. “Todas as reivindicações que temos feito desde o ano passado continuam, pois não foram atendidas pelo governo”. Só em 2013, três protestos foram realizados para chamar à atenção para os temas.  Hoje, declara Erlon, o efetivo completo da PF (incluindo a parte administrativa, de investigação, escrivães, papiloscopistas e delegados) chega a 300 homens em Mato Grosso. Em todo Brasil, são apenas nove mil na ativa.

Dentre as mobilização que serão levadas para votação está a realização de ato batizado com ‘algemaço’, em frente à Superintendência da Polícia Federal em Mato Grosso, na avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), a partir das 9h da manhã do dia 7. Ao término do mês, por três dias, eles também irão cruzar os braços. Via Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*